ChampCar: Pizzonia bate recorde em Houston

Não poderia ser melhor a preparação do brasileiro Antonio Pizzonia para a sua estréia na Fórmula Mundial, na próxima semana (7 a 9 de abril), nas ruas de Long Beach, na Califórnia (EUA).


Testando neste final de semana (01 e 2 de abril) com a Rocketsports Racing, no Mercedes-Benz of Sugar Land Road Course, em Houston (Texas), o amazonense acabou batendo o recorde que era do canadense Paul Tracy, ao completar a melhor de suas 116 voltas em 1min11s10, para os 3,88 km do MSR. “Agora já entendo bem melhor o carro, e conseguimos um acerto bom. O fato de ter baixado em três décimos de segundo o recorde do Tracy, me deixa bastante animado. Agora vou viajar para Long Beach confiante, mas certo de que ainda tenho muito que aprender”, comentou o ex-piloto de Fórmula 1. 

Antonio Pizzonia foi convidado por Paul Gentilozzi, um dos proprietários da Rocketsports Racing, para participar da abertura do campeonato 2006 da Fórmula Mundial, depois do excelente teste que o brasileiro fez a duas semanas, no circuito do Texas. O norte-americano ficou tão entusiasmado, que contratou um engenheiro eletrônico da Fórmula 1 para acompanhar o amazonense na sua prova de estréia. “Vi que o time está entusiasmado e está investimento na busca de performance e bons resultados. O resultado dos testes deste final de semana, já com este novo engenheiro de dados, tem mais a ver com o desenvolvimento do carro, do que o meu conhecimento da pista, que está com o piso em piores condições do que na ocasião em que andei pela primeira vez”, acredita Pizzonia. “Testamos bastante coisa e foi muito produtivo. Melhoramos o carro em quase um segundo, usando os mesmos parâmetros. Isto foi muito positivo”, disse confiante.

No domingo a tarde a Rocketsports Racing trocou o câmbio e motor do Lola/Cosworth/Bridgestone, já com a configuração para circuito de rua, e no final Pizzonia fez um shake down de cinco voltas, só para checar todos os sistemas eletrônicos e hidráulicos, antes de carregarem o caminhão para a viagem para a Califórnia. “Agora vou pegar a minha Brasília amarela e vou para a praia Grande”, disse o brasileiro bem humorado, o que espelha o seu estado de espírito para enfrentar o mais novo desafio de sua carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *