ChampCar: Robert Doornbos vence em Mont-Tremblant e empata na liderança com Bourdais

O holandês Robert Doornbos, da Minardi USA Team, venceu neste domingo (1º/07), o GP de Mont-Tremblant, no Canadá, 6º etapada temporada. Foi a sua primeira vitória na categoria. O francês Sébastien Bourdais, da Newman-Haas-Lanigan, foi o 2º, com o australiano Will Power, do Team Australia, completando o pódio. Com os resultados Bourdais e Doornbos estão empatados na liderança do campeonato, com 145 pontos.

O pole-position Tristan Gommendy, da PKV Racing, não conseguiu sair para a volta de apresentação, com o carro sendo empurrado para o lado de fora da pista. Na largada três carros, os do Team Australia, de Will Power e Simon Pagenaud e o de Jan Haylen, da Conquest, ficaram parados. A bandeira amarela foi acionada, com o trio saindo para a prova pouco depois.


Bourdais assumiu a liderança da prova, seguido por Doornbos e o inglês Justin wilson, da RSPORTS. Na relargada, na 3º volta, Gommendy se juntou ao grupo, no final da fila.


Logo na 6º volta o brasileiro Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, abandonou nos boxes, depois de ficar lento na pista. Na 7º volta a chuva começou a cair, e a corrida começou a ficar movimentada, com a chuva indo e voltando, com vários pilotos rodando na pista.


O canadense Paul Tracy, da Forsythe, rodou na 15º volta, perdendo quatro posições. Na 26º volta Heylen bateu, com a bandeira amarela sendo acionada pela segunda vez. Na volta seguinte a chuva parou.
 
Bourdais rodou na pista na 29º volta, indo para os boxes e caindo para o 11º lugar. Na mesma hora Tracy também entrava nos boxes, com fumaça no carro, e abandonava a prova. Na 30º a prova recomeçou, com Doornbos na ponta, seguido por Wilson.


Nova amarela na 36º volta, com Alex Figge, da Pacific Coast, rodando e ficando parado na pista, retornando com o auxilio do resgate. Alguns pilotos aproveitaram para um pit stop.
Com a corrida recomeçada, na 40º volta, o norte-americano Grahan Rahal, da Newman-Haas-Lanigan, era o líder, seguido por Power e Bourdais. Power rodou na 43º volta, perdendo sete posições. Rahal foi aos boxes colocar pneus de chuva, deixando o carro morrer.


Wilson era o novo líder, seguido por Pagenaud. Figge rodou de novo, na 44º volta, com a bandeira amarela retornando por três voltas. Wilson saiu da pista na 48º volta, com Pagenaud indo para a liderança. Wilson caiu para 6º.


Cinco voltas depois foi a vez de Pagenaud rodar, caindo para 3º, atrás de Doornbos e Bourdais. Figge rodou pela terceira vez na pista, trazendo uma nova amarela, de apenas uma volta, na 56º volta. Faltando duas voltas para o final, Power passou Pagenaud, garantindo um lugar no pódio.


Doornbos venceu, proporcionando a Minardi o que ela, e ele também,  jamais sonharam em sua época de F-1, o alto do pódio.


Depois da prova Bourdais reclamou da atitude de Doornbos, que defendeu a liderança de forma um pouco agressiva. E que foi limpo quando Doornbos estava mais rápido, o deixando passar, não recebendo o mesmo tratamento quando era o mais rápido, e disse estar triste com o holandês.


A próxima etapa acontece no dia 8 de julho, em Toronto, no Canadá.


Final:


1 – Robert Doornbos HOL Minardi Team USA 62 voltas em 1h45min41seg899
2 – Sebastien Bourdais FRA Newman/Haas/Lanigan a 2seg888
3 – Will Power AUS Team Australia a 7seg310
4 – Simon Pagenaud FRA Team Australia a 10seg562
5 – Justin Wilson ING RSports a 11seg288
6 – Neel Jani SUI PKV Racing a 12seg346
7 – Graham Rahal EUA Newman/Haas/Lanigan a 12seg790
8 – Alex Tagliani CAN RSports a 13seg422
9 – Oriol Servia ESP Forsythe a 26seg742
10 – Ryan Dalziel ING Pacific Coast a 32seg949
11 – Katherine Legge ING Dale Coyne a 46seg590
12 – Tristan Gommendy FRA RSports a 2 voltas
13 – Alex Figge EUA Pacific Coast a 4 voltas
14 – Dan Clarke ING Minardi Team USA a 26 voltas (abandono)
15 – Paul Tracy CAN Forsythe a 34 voltas (abandono)
16 – Jan Heylen BEL Conquest a 38 voltas (abandono)
17 – Bruno Junqueira BRA Dale Coyne a 57 voltas (abandono)



Campeonato:


1) Bourdais (FRA/Newman-Haas-Lanigan) e Doornbos (HOL/Minardi Team USA), 145 pontos;
3) Power (AUS/Team Australia), 131;
4) Wilson (ING/RSports), 113;
5) Tagliani (CAN/RSports), 112;
6) Pagenaud (FRA/Team Australia), 97;
7) Oriol Servia (ESP/Forsythe),  e Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 91;
9) Jani (SUI/PKV Racing), 88;
10) Tracy (CAN/Forsythe) e Gommendy (FRA/PKV Racing), 74;
12) Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 70.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *