Coluna: Não precisamos de vocês

Todos nós, amantes do automobilismo, sentimos muito com o falecimento do piloto francês Jules Bianchi, no mês passado (após nove meses hospitalizado).

Afinal o que nunca queremos é que alguém seja piloto, espectador, comissário de prova  (acidentes já vitimaram não apenas pilotos), morra devido a um acidente ocorrido em uma pista de competição. 

Sabemos que o automobilismo é um esporte de risco, e que tem por obrigação ser disputado com toda a segurança possível. E mesmo assim, fatalidades acontecem. 

Por isso estou indignado com um fato ocorrido em Belo Horizonte, no último final de semana. Que foi muito noticiado na imprensa mineira, mas certamente desconhecido no restante do país. 

Um indivíduo, que se diz “Piloto de Arrancada” (ok existem registros de competições disputadas por ele em Belo Horizonte), simplesmente colocou o seu carro de arrancada na rua!!!! E provocou a morte de duas pessoas!!!

O “Piloto”, simplesmente fez alterações irregulares em seu carro (informação confirmada pelo DETRAN de Minas Gerais), e foi testar o turbo do carro (que também era equipado com quatro cilindros de nitro, o que pode dobrar a potência do carro) em uma avenida movimentada da capital mineira. 

Segundo a Polícia Militar, o carro em alta velocidade, avançou um sinal vermelho. E atingiu outro carro, matando um casal. 

Então a minha pergunta é simples. O que esse “Piloto” tem na cabeça de pegar um carro preparado para competições, e colocar na rua. E ainda por cima em alta velocidade? 

Lembro também daquele “filho de um cantor famoso”, que colocou o seu carro de Drift na rua, e provocou um acidente no ano passado.

E também dos “promotores” de uma corrida de kart disputada em 2013 em Pernambuco. Um piloto amador morreu após simplesmente bater em um poste! As imagens do acidente e do resgate são absurdas!!

Pois sempre que um caso destes acontece, colocam a culpa no automobilismo. E chovem criticas de todas as partes, principalmente daquelas que simplesmente criticam por criticar. Sem procurar saber a verdade.

São apenas alguns exemplos de “porcarias” feitas por pessoas, que simplesmente não gostam de automobilismo!! Gostam sim de velocidade e irresponsabilidade!

E que definitivamente não fazem falta nenhuma ao nosso automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *