Copa Brasil: Ruiz Filho conquista título inédito

Regularidade. Esta é a palavra que define melhor a conquista do título de Campeão da Copa Brasil de Kart, obtida pelo paulista Alexandre Ruiz Filho (Dermiwil / Baby Go / Mazzarelo / DMW Malas de Viagem / Stanley) no último sábado (14) no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP).


Mesmo não tendo vencido nenhuma das duas baterias disputadas, Ruiz Filho conquistou o título em uma das categorias mais disputadas e equilibradas do kartismo brasileiro, a Júnior, da qual já foi Campeão Brasileiro em 2005 e é o atual Campeão Sul-Brasileiro. “Com este título, conquistei os três mais importantes campeonatos no Brasil nesta categoria. Dizer que estou feliz é algo óbvio, mas, depois de vencer em uma categoria como a Júnior, esta é a primeira palavra que me vem à cabeça”, comemorou o piloto.

A conquista do título começou com a obtenção da pole position, ainda na quinta-feira. Logo após a tomada de tempos, o primeiro susto. Ruiz Filho havia sido chamado à Sala dos Comissários Desportivos, que investigavam a possibilidade de que o piloto houvesse utilizado filtro de ar não homologado. “Foi apenas um susto, porque tudo estava correto em meu kart. Não havia nada errado e a pole continuava sendo minha”, contou Ruiz Filho.

Na primeira bateria, o segundo susto. Ruiz Filho acabou punido pelo Diretor de Prova com a perda de cinco posições por não obedecer a velocidade mínima no momento da largada. Neste momento, outra palavra foi acrescentada ao dicionário de Ruiz Filho nesta Copa Brasil.

Garra!!! Um belo trabalho de buscar ultrapassagens e manter posições mesclado a um intenso duelo em busca da vitória marcou a atuação do representante Dermiwil / Baby Go / Mazzarelo / DMW Malas de Viagem / Stanley nesta prova. Ao fim da bateria, Ruiz Filho terminaria em segundo lugar, mantendo-se vivo na disputa pelo título.

“Não foi possível acompanhar o Apezzatto, que venceu a bateria. Primeiro porque o duelo pela liderança me fez perder muito tempo e também porque ele estava muito rápido”, disse o piloto. “Me restava esperar pela segunda bateria para tentar o título”, completou o piloto, que compete na Neri Motorsport, com motores preparados por Renato Tibola.

Já na segunda bateria, Ruiz Filho tratou de impor uma tática um pouco diferente. Apezzatto perderia a posição logo na largada para Carlos Huertas e o próprio Ruiz Filho. Ainda na primeira volta, Ruiz Filho atacou Huertas e tratou de abrir vantagem, liderando a prova por quase todas as 25 voltas de duração. Quase no final da corrida decisiva, Ruiz Filho foi ultrapassado por Pedro Rodrigues, mas não se preocupou. “O segundo lugar me dava o título”, resumiu. E foi o que aconteceu. Na bandeirada, o segundo lugar garantiu o primeiro título de Ruiz Filho na Copa Brasil. Empatado em 18 pontos com Apezzatto Neto na soma das duas baterias, Ruiz Filho levou a melhor no critério de desempate, melhor posição na última bateria.

“Gostaria muito de agradecer à Neri Motorsport, à Tibola Motores, ao Sabiá, ao Nilsinho e a todos os funcionários da Birel e aos meus patrocinadores, essenciais em mais esta conquista”, agradeceu Alexandre Ruiz Filho.

Confira os cinco primeiros na classificação final da Júnior:

1 Alexandre Ruiz Filho (SP) – 18 pontos
2 Felipes Apezzatto Neto (SP) – 18
3 Pedro Rodrigues (PR) – 16
4 Carlos Huertas (SP) – 16
5 Victor Carbone (SP) – 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *