Copa Chevrolet Montana: Piloto não concorda com “reconhecimento” prévio na nova pista do Velopark

Leandro Romera está pronto para os desafios da nova pista gaúcha que abrigará a segunda etapa da Copa Chevrolet Montana, mas discorda com reconhecimento realizado por alguns pilotos no início da semana.

A segunda etapa da Copa Chevrolet Montana acontece em um circuito inédito para o automobilismo nacional: o Velopark. A nova pista localizada na cidade de Nova Santa Rita (a 30 km de Porto Alegre) possui 2.153 metros, com nove curvas e duas grandes retas. Além da categoria das pickups, a StockCar V8 realizará sua terceira etapa no mesmo evento.

No começo dessa semana o palco das etapas do final de semana recebeu a visita de alguns pilotos tanto da StockCar V8 como também da Copa Chevrolet Montana para “conhecer” as novas  instalações, o que não agradou muito o piloto da RS Racing, Leandro Romera (RS Consult / Glan Data / Grupo Candinho / BullFlex): “Fiquei muito chateado com a organização da categoria em permitir que os pilotos andassem no circuito com um protótipo”, declarou Romera referindo-se ao protótipo Velot disponibilizados pela organização do autódromo. “Aqueles pilotos que tiveram como ir antes, puderam praticamente treinar na nova pista, dando mais de cem voltas, o que não acho certo”, desabafou o piloto.

Sobre as expectativas em relação a prova, Leandro mostra-se otimista: “A equipe fez um check-up mais do que especial no carro, estamos com câmbio novo, então isso me deixa muito otimista para a corrida. Não podemos perder novamente um quinto lugar em uma corrida por problema mecânico”, finalizou o piloto da Montana n° 88 referindo-se a etapa de abertura da categoria que aconteceu em Curitiba (PR), onde por problemas no câmbio, Romera perdeu seis posições restando apenas 2 voltas para a bandeira quadriculada, terminando em 12° lugar e somando 5 pontos na tabela; Julio Campos lidera o certame após a primeira etapa com 25 pontos.

Os pilotos entram na pista nessa quinta-feira (29/04) para um treino extra de 45 minutos de duração devido a pista nunca ter sido usada anteriormente. Na sexta-feira acontecem dois treinos livres e um último no sábado pela manhã. A partir das 13h do sábado as Montanas entram na pista para definição do grid de largada um treino de no máximo 18 voltas para cada piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *