Copa Clio: Brasilienses são favoritos na terceira etapa, na opinião dos próprios adversários

Wagner Cardoso, terceiro colocado no campeonato, aponta Edu Garcia como o piloto a ser batido na Capital Federal. Vencedor do ano passado, no entanto, não acredita em favoritismo.

Os brasilienses que disputam a Copa Renault Clio são os favoritos à vitória na terceira etapa da temporada de 2008 da categoria, que será realizada neste domingo (15) no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília. A opinião é de alguns dos principais adversários dos pilotos locais, entre eles o paulista Wagner Cardoso, recordista de participações na categoria.

Entre os 25 participantes esperados para a etapa de Brasília, apenas dois correrão em casa neste fim de semana. Mas, apesar do número reduzido de brasilienses entre os inscritos, Edu Garcia e Carlos Henrique recebem a maior parte das fichas nas apostas dos próprios adversários.

“Acho que na maioria das pistas do calendário não há um favorito declarado, mas isso não acontece em Curitiba e em Brasília”, opinou Cardoso. “No Paraná a vantagem é do José Cordova, e no Distrito Federal, do Edu Garcia, que nestas pistas correm praticamente no quintal de casa. Não por acaso, foi o Edu quem venceu a etapa de Brasília do ano passado”, lembrou Cardoso.

Na opinião do maior interessado nessa questão, no entanto, a prova do próximo domingo está longe de ser vencida por antecipação. “Numa categoria competitiva como a Copa Clio, não há favoritos”, opina Edu Garcia. “Todos conhecem bem o carro e, por isso, não tenho muita vantagem técnica. O que me faz buscar a vitória com mais afinco é a motivação extra de correr em casa, diante dos amigos, da família e da torcida”, acrescentou.

Instrutor de pilotagem no Autódromo Nelson Piquet, Edu Garcia é provavelmente o piloto em atividade que mais deu voltas pelo circuito de Brasília, o que lhe permite conhecer como ninguém dos segredos dessa pista. E são alguns deles que, na opinião do brasiliense, podem definir a corrida deste domingo.

“Por ter um asfalto bastante abrasivo, o Autódromo Nelson Piquet exige um cuidado muito grande com os pneus. Quem não poupar o equipamento pode não ter fôlego para ser competitivo no final. E como as ultrapassagens devem ser mais constantes neste ano por causa dos novos motores 2.0, ter um carro bem equilibrado durante toda a prova será fundamental para brigar pela vitória”, acrescentou Edu Garcia.

Os pilotos, aliás, fazem coro ao falar das vantagens dos novos motores 2.0 que passaram a equipar os carros da categoria neste ano. “Acredito que os novos motores 2.0 trarão ainda mais emoção à prova de Brasília. Por serem mais potentes, eles permitem ao piloto vencer a resistência do vácuo em uma ultrapassagem, algo que não acontecia com os motores 1.6”, encerrou Garcia.

A terceira etapa da Copa Renault Clio será transmitida ao vivo pela ESPN Brasil, a partir das 10h30 deste domingo. Passadas as duas primeiras etapas, o campeonato tem como líderes o paranaense José Cordova e os paulistas José Vitte e Wagner Cardoso. Cordova é o primeiro na tabela, com 48 pontos. Vitte, ganhador da corrida passada, é o vice-líder com 36. Cardoso aparece em terceiro, com 33 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *