Copa Clio: Marcos Paioli garante pódio para Paioli Racing em Brasília

Piloto paulista terminou a prova deste domingo em terceiro lugar. Eduardo Garcia e Zizi Paioli sofreram com as quebras na capital federal e abandonaram a terceira etapa.

A equipe Paioli Racing volta da terceira etapa da Copa Renault Clio – disputada neste domingo (15/6) em Brasília – com um troféu garantido pelo chefe do time, Marcos Paioli, que terminou a prova na terceira colocação. Com os 12 pontos conquistados nessa prova, o piloto subiu, ainda, para a quinta colocação do campeonato com 28.

“Estou satisfeito com o resultado, principalmente por termos conseguido evoluir em ritmo de corrida”, declarou Paioli. “Tive um carro excelente nessa etapa, e só não consegui atacar o Carlos Henrique (segundo colocado) no final da prova porque enfrentei um problema de superaquecimento no motor que roubou potência do meu carro nos trechos de reta. Mas é ótimo estar no pódio”, declarou Paioli.

O bom resultado obtido por Paioli, no entanto, contrastou com a corrida de dois outros membros da equipe. O piloto da casa Eduardo Garcia abandonou na quinta volta por quebra de motor – e acabou sendo premiado com a falta de sorte. Isso porque, em virtude do rendimento insatisfatório de seu carro no treino de classificação, ele havia optado pela troca do propulsor titular de seu carro. O reserva se mostrou ligeiramente superior, mas acabou não agüentando a prova toda.

“Vamos analisar o que aconteceu exatamente, porque foi uma quebra bastante significativa. Uma biela chegou a voar, e acabou abrindo um buraco no bloco do motor. Agora vou procurar esquecer logo essa etapa, e pensar na próxima corrida, em São Paulo”, lamentou Garcia.

Quem também teve problemas em Brasília foi Zizi Paioli. Largando da 17ª colocação, ela brigava para ganhar posições durante a corrida e disputava com Zigomar Júnior, Cesare Marrucci e Ydenis de Souza quando um toque a jogou para fora da pista. No incidente, Zizi acabou pegando uma zebra alta e saiu da pista. O incidente ocasionou a quebra da suspensão dianteira direita do seu carro, e obrigou a piloto de 22 anos de idade a abandonar a corrida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *