Copa Clio: Wagner Cardoso vence emocionante prova em Campo Grande

Piloto paulista se tornou o primeiro da história da Copa Renault Clio a vencer duas vezes na capital sul-mato-grossense.

A cidade de Campo Grande (MS) abrigou, no início da tarde deste domingo (05), a quinta corrida da temporada 2007 da Copa Renault Clio. No Circuito Orlando Moura, 21 pilotos da categoria proporcionaram, mais uma vez, muita emoção e disputa pelo lugar mais alto do pódio.

Pole position, Wagner Cardoso (CNA, Uno & Due, Oregon), da equipe Officer Motorsport, mostrou superioridade logo no início da prova e conseguiu se manter tranqüilo na ponta até a antepenúltima volta. O sossego do piloto paulista foi interrompido apenas pelo surpreendente José Cordova, (Uningá, Auto Plast, Anunciação, Pontão do Lago Sul), da W Racing, que havia largado na última posição do grid e realizou uma fantástica corrida de recuperação.

Com Cordova logo atrás, Cardoso foi obrigado a utilizar toda a sua experiência, adquirida ao longo dos cinco anos de Copa Renault Clio, para impedir que a liderança fosse perdida. No fim, o piloto da Officer Motorsport conseguiu cruzar a linha de chegada com 0s246 de vantagem sobre o adversário paranaense.

“Eu estava tranqüilo, pois tinha certeza que o acerto do carro era muito bom. Apenas me concentrei na largada e na relargada para evitar qualquer surpresa. No fim, o Cordova se aproximou. Eu sabia que ele ia se recuperar na prova, mas usei a minha experiência para segurá-lo”, afirmou o piloto de 45 anos.

Além da conquista e dos pontos somados, Cardoso alcançou a inédita marca de duas vitórias em Campo Grande (MS). O paulista, que também ganhou em 2004, se tornou o primeiro da história da Copa Renault Clio a obter dois sucessos na capital sul-mato-grossense.

“Vencer é sempre muito bom. Mas quando a vitória vem acompanhada de uma quebra de tabu, é melhor ainda. Estou feliz por ter me tornado o primeiro a ganhar duas vezes aqui. A pista já era especial. Agora, posso dizer que me sinto em casa andando em Campo Grande”, completou o piloto, terceiro no campeonato.

Segundo colocado, Cordova ficou feliz com o resultado. O paranaense, que ganhou 19 posições durante a corrida, conseguiu aumentar a sua vantagem na liderança do campeonato.

“O carro rendeu muito na prova de hoje. Ele estava bem acertado desde o primeiro treino livre. No fim, o Cardoso usou a experiência que tem para fechar a porta e não permitir a ultrapassagem. Mas não quis me precipitar, pois sei que o mais importante é pontuar no campeonato”, afirmou o paranaense de 42 anos.

Antes de finalizar, Cordova fez questão de lamentar a falha cometida antes da vistoria técnica, realizada neste sábado (04), após o treino classificatório. Com quatro quilos a menos do que o limite pré-estabelecido, o piloto, que havia cravado a pole, foi punido e obrigado a largar na última posição.

“A categoria começou a usar as rodas da Scorro neste fim de semana e o carro ficou mais leve. Foi uma falha nossa não ter verificado o peso antes. Fica a lição para não repetirmos o erro nas próximas etapas”, completou Cordova.

Além de Cardoso e Cordova, fizeram a festa no pódio em Campo Grande: Willians Farias (Agrocean, Litoral Premium), da M2 Competições, em terceiro; Rodolfo Pousa (Cofibam, Bom Peixe), também da M2 Competições, em quarto; e Luciano Kubrusly (Oregon Scientific, Officer), da Officer Motorsport, em quinto.

O piloto Marcos Paioli (Derosa Siqueira Consultores/Santa Inês), da Paioli Racing, que abandonou a disputa, cravou a volta mais rápida da prova em 1min46s709. O carioca Luciano Silva (Sumatex Produtos Químicos), da Carvalhal Competições, terminou em 11º e levou o troféu de melhor estreante.

Patrocinada pela Renault e pela Pirelli, a Copa Renault Clio tem as suas etapas transmitidas em VT pelo SporTV.

Confira o resultado final da quinta etapa da Copa Renault Clio:

1º – Wagner Cardoso – Officer Motorsport – 20 voltas, em 41min47s142
2º – José Cordova – W Racing – a 0s246
3º – Wilians Farias – M2 Competições – a 9s028
4º – Rodolfo Pousa – M2 Competições – a 11s949
5º – Luciano Kubrusly – Officer Motorsport – a 12s381
6º – Rolf Gemperli – Officer Motorsport – a 12s725
7º – Edson do Valle – W Racing – a 18s518
8º – Carlos Henrique P. da Rocha – Elite Competições – a 20s916
9º – Fernando Schilickmann – M2 Competições – a 22s276
10º – Peter Gottschalk (Filho) – Paioli Racing – a 22s775
11º – Luciano Silva – Carvalhal Competições – a 33s052
12º – Filipe Borges – Manelão Competições – a 46s066
13º – Paulo Andrade – Yros Racing – a 53s526
14º – Peter Gottschalk (Pai) – Paioli Racing – a 1min26s798
15º – Ydenis de Souza – Yros Racing – a 1min47s636
16º – Betinho Sartorio – Motorfast Racing – abandonou
17º – Fabio Delamuta – Della Via Racing Team – abandonou
18º – Kreis Jr. – Officer Motorsport – abandonou
19º – Marcos Paioli – Paioli Racing – a abandonou
20º – Eduardo Garcia – Paioli Racing – abandonou
21º – Roberto Santos – Della Via Racing Team – abandonou

Classificação do Campeonato de Pilotos: 1. José Cordova, 92 pontos; 2. Eduardo Garcia, 70; 3. Wagner Cardoso, 55; 4. Edson do Valle, 51; 5. Rodolfo Pousa, 50; 6. Luciano Kubrusly, 37; 7. Rolf Gemperli e Willians Farias, 28; 9. Marcos Paioli, 25; 10. Luiz Frediani, 8; 11. Fabio Delamuta, Fernando Schilikmann, Peter Gottschalk (Filho) e Carlos Henrique, 6; 15. Luciano Silva, 5; 16. Betinho Sartorio, Kreis Jr e Ydenis de Souza, 4; 19. Fabio Silva, 3; e 20. Filipe Borges, 2.

Classificação do Campeonato de Equipes: 1. W Racing, 177 pontos; 2. Officer Motorsport, 122; 3. Paioli Racing, 121; 4. M2 Competições, 110; 5. M2 Officer / FC Motorsport, 56; 6. Carvalhal / Motorfast, 24; 7. Officer Racing, 18; 8. Paioli Corse e Elite Competições, 12; 10. Della Via Competições, 10; e 11. Manelão e Yros Racing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *