Copa Fiat: Cesinha prevê recorde pulverizado em Londrina

Piloto da casa diz que o novo carro poderá ser três segundos mais rápido já na estreia.

A estreia do novo carro da Copa Fiat – categoria que correu os dois primeiros anos como Trofeo Linea – deverá derrubar o recorde da pista de Londrina em até três segundos na abertura do calendário neste fim de semana. A previsão é do paranaense Cesinha Bonilha, especialista no circuito que considera como quintal de sua casa – nasceu e vive no vizinho município de Cambé. “Vamos começar a ter uma ideia mais próxima a partir dos treinos extras da sexta-feira, mas acho que será algo mais ou menos por aí se considerarmos os testes desse carro no fim do ano no Velopark”, especula.
No ano passado, o bicampeão Cacá Bueno conquistou a pole no Top Qualifying com o tempo de 1:26.480, mas Cesinha foi o mais rápido da tomada classificatória com marca um décimo abaixo – 1:26.388. No entanto, pouco antes, na última sessão de treinos livres, Cacá estabeleceu a melhor volta já registrada no Autódromo Internacional Ayrton Senna em 1:25.970. 
A Copa Fiat chega ao norte do estado profundamente renovada em relação ao ano passado. O motor Fiat Powertrain T-Jet 1.4 turbo e 16 válvulas está mais potente e exigiu mudanças acentuadas nas suspensões, bem como em decorrência da mudança dos pneus Pirelli de aro 16 para 18. A suspensão dianteira original do Linea foi reprojetada especialmente para as pistas, com barra anti-rolagem ligada diretamente à manga de eixo. Na traseira, a novidade é a possibilidade de regulagem mais rápida da cambagem e da convergência das rodas. Os carros receberam também um pacote aerodinâmico constituído por saias laterais, pára-lamas, asas dianteira e traseira, além de assoalho de madeira e extrator de ar posterior.
Cesinha admite que as equipes mais estruturadas tendem a começar à frente na busca do entendimento dessas mudanças. Companheiro de equipe do carioca Ulisses Silva na Vasco Racing Team, equipe que conta com apoio do clube da cruz de malta, Cesinha acumula as funções de engenheiro. “Começar o campeonato numa pista que conhecemos tão bem pode ser uma forma de compensar essa desvantagem”, imagina. Cesinha tem duas vitórias no currículo: uma na estreia em 2010, em Londrina, e outra no encerramento da temporada passada no Velopark, prova que assegurou a dobradinha dos irmãos Cacá e Popó Bueno na classificação final do campeonato.
As atividades de pista da Copa Fiat serão abertas na sexta-feira com as duas sessões de ensaios extras – das 12 às 13h30 e das 15h30 às 17h00. Uma das grandes novidades neste ano será o sorteio de um Uno Vivace para o público em cada etapa. Em Londrina, o acesso ao Autódromo Internacional Ayrton Senna será franqueado e os torcedores receberão um tíquete para concorrer ao prêmio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *