Copa Fiat: com 13 da sorte, Bragantini reforça Pater Racing

Sem medo de ser feliz, piloto será parceiro de Marcos Gomes e Giuliano Losacco

O paulista André Bragantini acertou com a Pater Racing e correrá ao lado de Marcos Gomes e Giuliano Losacco na abertura da Copa Fiat neste fim de semana em Londrina. Radicado em Curitiba há vários anos, Bragantini foi vice-campeão no ano de estreia da categoria – ainda como Trofeo Linea – em 2010 e na temporada passada defendeu a Sinal/Greco.

Como vem fazendo desde que iniciou a carreira, Bragantini desprezará a superstição agourenta e correrá com o número 13. “O que é sinal de azar para a maioria para mim só trouxe sorte”, rebate, lembrando as vitórias alcançadas em diversas séries. O 13, aliás, é marca registrada da família: os pais se casaram numa sexta-feira, 13, e André nasceu numa sexta-feira, 13. Até os celulares do piloto e de seu pai terminam em 13.

Considerado um dos melhores pilotos do país em carros de tração dianteira, Bragantini elogia as novidades que a Copa Fiat apresentará a partir da rodada dupla no norte paranaense. “O conjunto técnico está bem melhor, com as novas suspensões e o motor mais forte. Ficará mais fácil trabalhar no acerto das suspensões com as modificações que foram feitas. O carro ficará mais rápido, é claro, mas será importante manter as características de equilíbrio que fazem da categoria uma das mais competitivas do Brasil”, observa.

De casa nova, Bragantini não esconde a satisfação de voltar a trabalhar com o diretor-técnico Maurício Ferreira e dividir os boxes com Gomes e Losacco. “Não são apenas ótimos profissionais, mas principalmente pessoas especiais, sem vaidades e muito fáceis de trabalhar em equipe. Numa temporada em que todos começarão do zero por causa das mudanças no carro, essa harmonia será ainda mais importante.”

As atividades de pista da Copa Fiat serão abertas na sexta-feira com a

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *