Copa Montana: Marcelo Tomasoni não teve sorte nos treinos em Curitiba

O piloto Marcelo Tomasoni (CM Capital Markets/RIO água de coco/SPFITCLUB), que participa da mais nova categoria do automobilismo brasileiro, a Copa Chevrolet Montana, pela equipe paulistana Carlos Alves Competition Team, não teve muita sorte nos treinos que aconteceram hoje, no Autódromo Internacional de Curitiba (PR).

No treino coletivo de ontem, quinta feira, Tomasoni deu poucas voltas e teve o trambulador de seu cambio quebrado, o que impediu que tivesse colocado um jogo de pneus novos, para ter uma real avaliação da competitividade de sua Montana. Andou com pneus mais usados, até a quebra do cambio, e ficou apenas com a décima oitava posição dos 32 carros que entraram na pista.
No treino de hoje pela manhã, o carro de Tomasoni apresentou uma falhação constante, que obviamente impediu um bom tempo de volta. Terminou o primeiro treino na décima nona posição, mas ficou confiante para o treino da tarde, por que a equipe finalmente descobriu e sanou o problema da falhação do motor.
No segundo treino, ansioso para virar um tempo expressivo, ainda com os pneus frios, Marcelo Tomasoni perdeu a frente do carro e deu uma violenta escapada na saída do “S” de alta, entrando de traseira no guard rail e destruindo grande parte do seu carro.
“Hoje me faltou cabeça. Acabei envolvido com os problemas no carro, que tive ontem e hoje pela manhã. Depois que o carro parou de falhar, para o segundo treino, fiquei muito empolgado e não aqueci os pneus”, desabafou Tomasoni. 
“Eu gostei de pilotar esse carro, achei mais “quieto” que o da Copa Vicar. O Carlão fez umas mudanças que facilitaram muito a pilotagem. Acho que por isso abusei no “S” de alta. Mas isso (a batida) já aconteceu aqui mesmo em Curitiba na temporada passada, e a equipe trabalhou muito e conseguiu me dar um carro perfeito para a classificação”, concluiu Tomasoni.
Por outro lado, Marcelo Tomasoni tem que comemorar o ingresso de dois novos patrocinadores, para a sua equipe. A empresa RIO Água de Coco, que revoluciona, oferecendo o seu produto em latas de alumínio, através de um processo inovador na industrialização da água de coco. Por meio de injeção de nitrogênio e retirada do oxigênio da embalagem, consegue aumentar o prazo de validade do produto e ainda diminuir em pelo menos dez vezes, a utilização de conservantes. É uma embalagem ecológica contibuiu para o meio ambiente.
Tomasoni também conta com o apoio da SPFITCLUB, para intensificar sua preparação física. A SPFITCLUB é uma academia de ginástica diferenciada, instalada em um espaço muito aconchegante, no coração dos Jardins (em São Paulo), que conquista cada vez mais alunos que não querem freqüentar as mega-estruturas intimidantes e que procuram mais atenção e melhores resultados individualizados.
Para a classificação que será realizada amanhã, Marcelo Tomasoni espera conseguir um bom lugar no grid de largada, para que possa lutar por um pódio, na corrida do domingo, que terá transmissão ao vivo pela RedeTV!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *