Copa Petrobras de Marcas: Quatro corridas, quatro marcas vencendo. Chevrolet chega na frente

Nonô Figueiredo foi o responsável por conquista tripla: sua primeira vitória na categoria, a primeira de sua equipe, a Onze Motorsports, e a primeira do Chevrolet Cruze na temporada 2015

Uma manhã de domingo ensolarada e com temperaturas em elevação, que proporcionou as condições ideais para uma boa corrida de automóveis. A segunda rodada dupla da Copa Petrobras de Marcas teve sua conclusão neste domingo (26/04) no circuito do Velopark com a segunda bateria bastante disputada, em que mais uma vez o equilíbrio entre as fabricantes ficou evidenciado com a vitória do Chevrolet Cruze de Nonô Figueiredo. Thiago Marques (Toyota Corolla) cruzou a linha de chegada na segunda posição, seguido de Vicente Orige (Honda Civic), que fechou o pódio e assumiu a liderança do campeonato.

Em quatro corridas disputadas até agora, quatro das cinco marcas que disputam o campeonato conquistaram vitórias: Ford e Honda em Goiânia, Renault e Chevrolet no Velopark. Foi a primeira vitória da marca norte-americana na competição este ano, bem como a primeira de Nonô Figueiredo e de sua equipe, a Onze Motorsports.

A largada teve o estreante Renan Guerra saindo da pole com o Ford Focus da Amir Nasr Racing, mas pouco a pouco ele foi sendo superado por seus adversários. Figueiredo, que saiu em terceiro, logo ascendeu à liderança para não mais larga-la, mesmo com uma intervenção do Safety Car.

“Desde o primeiro treino percebemos que nosso carro estava competitivo, mas não esperava estar tão competitivo assim. Quando você põe o carro na pista e vê que ele está se comportando bem, isso facilita as coisas, pois é preciso mexer muito menos nele. Foi um processo de afinar o carro dos treinos para a tomada de tempos e depois para a corrida. Para a minha surpresa, meu ritmo era competitivo para brigar pela pole e pela vitória. Veio como uma surpresa e como um presente”, explicou Nonô, que na sexta-feira havia marcado a pole position, mas teve de largar da 16ª posição no sábado em virtude de uma punição aplicada ainda na primeira etapa, em Goiânia.

Para o experiente piloto, o resultado de hoje trouxe alívio. “Vitória sempre tem um gosto especial. É muito mais fruto do trabalho da equipe do que meu. Fui apenas o condutor de um carro que se comportou muito bem. Foi mérito da equipe para o carro ter evoluído e eu sei o quanto eles trabalharam para que isso acontecesse. Por isso é mais mérito deles do que meu”, dedicou o vencedor da etapa.

Segundo colocado, Thiago Marques comemorou o resultado como se fosse uma vitória. O curitibano do Toyota Corolla #1 da RZ Motorsport enfrentou dificuldades durante a disputa. “Cheguei a ficar lado a lado com o Renan Guerra e a princípio eu achei que ele havia dado espaço para a ultrapassagem, mas de repente ele entrou para a curva, nos tocamos e a lataria começou a raspar no pneu, mas depois acho que o contato deu uma ‘puxadinha’ e consegui terminar a corrida”, disse.

“Não pontuamos em Goiânia e tínhamos lá um carro mais competitivo do que tivemos aqui. Foi uma situação um pouco frustrante, mas aqui fechamos com a sensação de vitória exatamente por saber que não estávamos tão rápidos como os Honda e os dois Chevrolet. Então foi um excelente resultado e bom para o campeonato, que é muito concorrido. O nível é altíssimo na categoria, e nossa equipe é muito competente, com engenheiros especiais, pessoas fora de série”, concluiu Marques.

Bom para Vicente Orige, que viu o companheiro de equipe Vitor Meira ter de pagar duas punições com o drive-through e terminar apenas em 14º. O piloto da JLM-Honda foi o terceiro colocado, assumiu a ponta da tabela e fala em postura conservadora para a temporada. “O final de semana foi muito bom, estávamos bem já nos treinos, classifiquei em segundo, mas com a punição do Nonô eu saí na frente e nas corridas fui bem cabeça, sem arriscar praticamente nada, andando na posição em que eu poderia estar, pois estou focando no campeonato. Ano passado perdi o título por três pontos e por várias vezes entrei em ‘enroscos’, quebrei o carro por atacar demais as zebras, então minha meta este ano é fazer um campeonato mais tranquilo, pensando no final. Acho que foi excelente, saímos do Velopark em primeiro, e é isso que importa, pois meu foco é no título”, concluiu.

A próxima rodada dupla da Copa Petrobras de Marcas acontece nos dias 30 e 31 de maio no circuito de Curitiba (PR).

Copa Petrobras de Marcas – 2ª bateria:
1. 11. Nonô Figueiredo – Chevrolet Cruze – 22 voltas em 26min07s908
2. 1. Thiago Marques – Toyota Corolla – a 1s196
3. 43. Vicente Orige – Honda Civic – a 2s826
4. 0. Gustavo Martins – Honda Civic – a 5s877
5. 12. Guilherme Salas – Chevrolet Cruze – a 6s176
6. 98. Carlos Souza – Chevrolet Cruze – a 6s609
7. 111. Rubens Barrichello – Renault Fluence – a 7s559
8. 13. Eduardo Rocha – Renault Fluence – a 7s686
9. 9. Rodrigo Baptista – Toyota Corolla – a 8s001
10. 31. William Starostik – Ford Focus – a 13s879
11. 7. Beto Cavaleiro – Renault Fluence – a 19s741
12. 59. Renan Guerra – Ford Focus – a 24s656
13. 53. Ronaldo Kastropil – Ford Focus – a 1 volta
14. 3. Vitor Meira – Honda Civic – a 1 volta
15. 57. Felipe Tozzo – Honda Civic – a 1 volta*
16. 83. Gabriel Casagrande – Renault Fluence – a 5 voltas
Não completaram 75% da prova
17. 99. Cesar Bonilha – Ford Focus – a 11 voltas
18. 28. Luiz Razia – Toyota Corolla – a 13 voltas
19. 17. Daniel Kaefer – Toyota Corolla – a 20 voltas
20. 8. William Freire/Thiago Oliveira Chevrolet Cruze – a 21 voltas
Volta mais rápida: Vitor Meira com 1min00s080
RESULTADOS SUJEITOS A VERIFICAÇÕES TÉCNICAS
*Penalizado em 20 segundos no tempo de prova por excesso de velocidade nos boxes

Classificação do campeonato – PILOTOS
1-) Vicente Orige – 71 pontos
2-) Vitor Meira – 58
3-) Gustavo Martins – 48
4-) Nonô Figueiredo – 42
5-) Thiago Marques – 41
6-) Gabriel Casagrande – 39
7-) Rubens Barrichello – 37
😎 Cesar Bonilha – 35
9-) Luiz Razia – 20
10-) Guilherme Salas – 20

Classificação do campeonato – MARCAS
1-) Honda Civic – 149 pontos
2-) Renault Fluence – 93
3-) Toyota Corolla – 90
4-) Chevrolet Cruze – 79
5-) Ford Focus – 73

Classificação do campeonato – EQUIPES
1-) JLM Racing (Honda) – 129
2-) JLM Sport (Honda) – 67
3-) Onze Motorsports (Chevrolet) – 62
4-) RZ Motorsport (Toyota) – 59
5-) C2 Team (Renault) – 55
6-) Full Time Sports (Renault) – 53
7-) Jupiter Racing Team (Ford) – 49
😎 Amir Nasr Racing (Ford) – 42
9-) Toyota Bassani (Toyota) – 40
10-) KFF Pro Racing (Chevrolet) – 38

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *