Copa Petrobras de Marcas: Salas, “impossível”, vence a terceira seguida

Piloto da Onze Motorsports/Chevrolet Cruze largou da pole position e chegou a perder a liderança para o companheiro e chefe de equipe Nonô Figueiredo; Rubens Barrichello levou o Renault Fluence ao terceiro lugar e conquistou seu primeiro pódio na categoria

Guilherme Salas manteve o domínio apresentado nas últimas corridas da Copa Petrobras de Marcas e, na tarde deste sábado (15/08), conquistou sua terceira vitória consecutiva, após largar na pole position. De quebra, o piloto da Chevrolet ainda marcou a melhor volta da prova de abertura da rodada dupla disputada em Goiânia. Ao lado de Salas, dois experientes pilotos no pódio: Nonô Figueiredo e Rubens Barrichello, em segundo e terceiro, respetivamente.

Salas já havia dominado a rodada dupla de Curitiba, com pole position e duas vitórias e agora inicia o final de semana seguindo o mesmo caminho, sem se intimidar com os grandes rivais que enfrenta. “É muito bom ganhar, fizemos uma tomada de tempo muito boa. Largamos bem e mantivemos a liderança. Na segunda volta eu cometi um errinho e o Nonô conseguiu me ultrapassar. Mas mantivemos a tranquilidade e continuamos em um ritmo forte novamente. Com isso consegui assumir a liderança e vencer mais uma vez na temporada”, comentou o vencedor.

Para o jovem piloto de Jundiaí, dividir o pódio com dois pilotos tão experientes como Nonô e Rubinho tem um gosto especial. Figueiredo, além de companheiro de equipe de Salas, é também seu chefe. “É difícil vencer no Marcas, porque os carros são bem iguais. Ter o Nonô e o Rubinho do meu lado é o melhor pódio que eu poderia imaginar”, disse.

Em seu ano de estreia na Copa Petrobras de Marcas e promovendo também a temporada debutante do Renault Fluence na categoria, Rubens Barrichello subiu pela primeira vez no pódio do Brasileiro. “Corrida movimentada, como sempre. O Marcas tem bastante disputa, pois os carros são bem parecidos. Estou feliz porque a Full Time sempre dominou na categoria e vem trabalhando muito. Estamos desenvolvendo o Renault; ainda não estamos onde queremos, mas é um pódio para se comemorar”, disse.

Rodrigo Baptista (Toyota), Gabriel Casagrande (Renault), Vitor Meira (honda), Gustavo Martins (Honda), Vicente Orige (Honda), Thiago Marques (Toyota) e Cesar Bonilha (Ford) fecharam os dez primeiros.

Apesar das três vitórias consecutivas de Salas, a liderança do campeonato segue nas mãos de Vitor Meira, com 137 pontos, seguido por Vicente Orige, com 107 e Gustavo Martins, com 106. Todos pilotos da Honda. Salas é o quinto com 89 – a vitória o fez escalar cinco posições na tabela.

A largada para a segunda corrida do final de semana da Copa Petrobras de Marcas em Goiânia acontece às 14h25 deste domingo (16), com transmissão ao vivo pelo portal Terra.

Confira o resultado da primeira corrida:

1. Guilherme Salas (Chevrolet Cruze) – 18 voltas em 28min01s306

2. Nonô Figueiredo (Chevrolet Cruze) – a 1.338

3. Rubens Barrichello (Renault Fluence) – a 3.338

4. Rodrigo Baptista (Toyota Corolla) – a 7.183

5. Gabriel Casagrande (Renault Fluence) – a 15.579

6. Vitor Meira (Honda Civic) – a 20.423

7. Gustavo Martins (Honda Civic) – a 20.760

8. Vicente Orige (Honda Civic) – a 21.773

9. Thiago Marques (Toyota Corolla) – a 22.131

10. Cesar Bonilha (Ford Focus) – a 26.486

11. William Starostik (Toyota Corolla) – a 37.734

12. Fábio Carbone (Renault Fluence) – a 39.608

13. Alberto Catucci/Odair dos Santos (Chevrolet Cruze) – a 47.667

14. Daniel Kaefer (Toyota Corolla) – a 52.288

15. William Freire (Chevrolet Cruze) – a 58.118

16. Felipe Tozzo (Honda Civic) – a 1:14.438

17. Beto Cavalero/Renan Guerra (Renault Fluence) – não completou

18. Marcelo Rocha (Ford Focus) – não completou

*Resultado extra oficial

O grid de largada para a corrida 2 será formado pela ordem de chegada na prova 1, invertendo-se os oito primeiros. Oitavo colocado na corrida de abertura, Orige será o primeiro. Veja como será o grid:

1. Vicente Orige

2. Gustavo Martins

3. Vitor Meira

4. Gabriel Casagrande

5. Rodrigo Baptista

6. Rubens Barrichello

7. Nonô Figueiredo

8. Guilherme Salas

9. Thiago Marques

10. Cesar Bonilha

11. William Starostik

12. Fábio Carbone

13. Alberto Catucci/Odair dos Santos

14. Daniel Kaefer

15. William Freire

16. Felipe Tozzo

17. Beto Cavalero/Renan Guerra

18. Marcelo Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *