Mercedes-Benz Challenge: pai e filho largam na pole em Goiânia

– Dupla paranaense Paulo e Lorenzo Varassin conquistou primeiro lugar da CLA AMG Cup
– Na C 250 Cup, Peter Michel Gottschalk, o “Tubarão”, voltou a andar forte, fez a pole e tenta recuperar a liderança na tabela
– Grid cresceu: ao todo, 37 carros largarão na prova deste domingo

Um momento raro no automobilismo: a dupla formada por Paulo e Lorenzo Varassin, pai e filho da cidade de Curitiba (PR), conquistou a pole position na categoria CLA AMG Cup do Mercedes-Benz Challenge, evento que realiza sua quinta etapa neste domingo (16), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Na categoria C 250 Cup, a pole foi registrada por Peter Michel Gottschalk, o “Tubarão”, que tenta reassumir a liderança do torneio. Com as duas categorias competindo juntas na pista, a prova terá início às 12h25, com transmissão pelo BandSports, portal Terra e canal exclusivo no Youtube.

“Nossa equipe tem um bom acerto para esta pista, tanto que vencemos a primeira corrida do ano com o Adriano Rabelo”, lembrou o pole position. “Ao definirmos a estratégia para o fim de semana, optamos por não colocar pneus novos nos treinos livres. Por isso, tivemos dois jogos de pneus novos para a tomada de tempos, o que dobrou nossas chances de conquistar a pole position. Sem dúvida, demos um importante primeiro passo para vencer a corrida”, acrescentou Varassin.

Paulo Varassin comemorou a primeira pole da dupla no Mercedes-Benz Challenge, e reconheceu a grande responsabilidade que terá na prova deste domingo em seu turno de pilotagem. “O Lorenzo fará a largada e vai cumprir a primeira parte da prova. Nosso objetivo é que ele me entregue o carro na liderança, e que eu possa continuar por lá até o fim. E o que nos deixa confiantes para que isso aconteça é o fato de nosso carro estar muito bom”, acredita o pai da família Varassin.

O segundo lugar na CLA AMG Cup foi registrado pelo gaúcho Fernando Júnior, candidato ao título que também ameaça o recorde de vitórias da categoria criada em 2014. Com três primeiros lugares (todos obtidos no ano passado), o recorde pertence ao atual campeão, o paulista Arnaldo Diniz Filho. O gaúcho acumula dois primeiros lugares – um deles conquistado em 2014 e o outro, na etapa de Curitiba deste ano.

“Tenho uma vitória em Goiânia e um bom conhecimento da pista. Pude poupar o carro durante os treinos livres, porque sabia que haveria boas chances de disputar as primeiras filas no grid com o desempenho que apresentamos logo de início. O objetivo a partir de agora é sair ileso da largada e disputar a vitória”, disse Fernando Júnior. 

Pole position na prova de abertura da temporada, realizada justamente em Goiânia no mês de março, o paulista Betão Fonseca era forte candidato ao primeiro lugar. Mas, depois de ser atrapalhado por um competidor mais lento na volta em que seus pneus atingiram a temperatura ideal para a obtenção do melhor tempo, ele fechou a disputa em terceiro. “Creio que seria possível disputar diretamente a pole, mas abrir a segunda fila é um resultado que já me permite sonhar com a vitória. Sinto que está chegando a minha vez”, avaliou.

O líder do torneio, Adriano Rabelo (CE), vencedor da primeira etapa, também em Goiânia, largará apenas da oitava posição. Já o gaúcho Pierre Ventura, vencedor da etapa anterior, em Santa Cruz do Sul (RS), sai do 18º lugar.

O pole da C 250 Cup, Peter “Tubarão” Gottschalk, disse que estava otimista em relação à briga pela pole: “Fui terceiro colocado nos dois treinos anteriores, então sabia que tinha um bom carro”, revela ele. “A pole foi mérito de um trabalho de equipe, pois eu e o (Marcos) Paioli fizemos jogo de vácuo e com isso obtivemos o primeiro e o terceiro lugares. Estamos felizes, mas sabemos que não há nada garantido. Um problema aqui é o aquecimento do motor. Então, primeiro você tem que ter condições de terminar a corrida para, depois, pensar em ganhar. Bati na corrida anterior, realizada em Goiânia, mas estou confiante em brigar por um bom resultado neste domingo e, com isso, tentar reassumir a liderança”, disse o pole da C 250 Cup.

Pole position e vencedora na etapa anterior da C 250 Cup (Santa Cruz do Sul/RS), a dupla gaúcha Luiz Sena Júnior/Cleiton Campos cravou o segundo melhor tempo do grid em Goiânia. “Na sequência de muitas voltas, como acontecerá na corrida, temos um carro muito consistente e rápido”, disse Sena Júnior. “Nesta prova quem vai largar é o Cleiton (parceiro de equipe), então ele terá a missão inicial de escapar dos toques e batidas que sempre acontecem em uma categoria de carros de turismo com um grid tão grande. Vamos ver o que acontece na primeira volta, pois as duas primeiras curvas são bem complicadas com todo mundo ainda andando bem junto”, completou o gaúcho.

Confira o grid das duas categorias:

CLA AMG Cup

1 – Paulo Varassin/Lorenzo Varassin, 1min33s312, média 148,0 km/h

2 – Fernando Júnior, a 0s170

3 – Betão Fonseca, a 0s205

4 – Claudio Dahruj, a 0s400

5 – Arnaldo Diniz Filho, a 0s421

6 – José Vitte, a 0s457

7 – Fernando Fortes, a 0s489

8 – Adriano Rabelo, a 0s506

9 – Carlos Kray, a 0s576

10 – Cezar Fonseca, a 0s731

11 – Neto De Nigris, a 0s747

12 – Peter Ferter, a 0s792

13 – Fernando Amorim, a 0s904

14 – Cesare Marrucci, a 0s952

15 – Cristian Mohr, a 1s143

16 – Paulo Totaro, a 1s257

17 – Roger Sandoval, a 1s300

18 – Pierre Ventura, a 1s311

19 – Marcelo Hahn, a 1s562

20 – Fernando Poeta, a 2s583

21 – Luiz Ribeiro, a 2s615

22 – Danilo Pinto, a 3s870

C 250 Cup

1 – Peter Michel “Tubarão” Gottschalk, 1min39s935, media de 138,1

2 – Luiz Sena Júnior/Cleiton Campos, a 0s238

3 – Marcos Paioli/Peter Gottschalk, a 0s308

4 – Claudio Simão, a 0s449

5 – Maurício Lund/Edson Ferreira, a 1s019

6 – Márcio Basso/Bruno Mesquita, a 1s141

7 – Christian Germano, a 1s190

8 – Flavio Andrade, a 1s227

9 – Betinho Sartório, a 1s352

10 – Beto Rossi/Alline Cipriani, a 1s995

11 – Theo De Nigris/Thiago De Nigris, a 2s165

12 – Max Mohr, a 2s291

13 – Carlos Alberto Guilherme, a 3s459

14 – Roberto Cirilo, a 5s218

15 – Roberto Santos, sem tempo

Veja a seguir a classificação do Mercedes-Benz Challenge até o momento: 

CLA AMG CUP 

1 – Adriano Rabelo, 68 pontos

2 – Fernando Júnior, 60 pontos

3 – Cristian Mohr, 47 pontos

4 – Pierre Ventura, 44 pontos

5 – Arnaldo Diniz Filho, 39 pontos

6 – Cesare Marrucci, 30 pontos

7 – Cesar Fonseca, 27 pontos

8 – Neto De Nigri, 26 pontos

9 – Carlos Kray, 25 pontos

10 – Peter Ferter, 25 pontos

11 – Roger Sandoval, 22 pontos

12 – Victor Amorim/Fernando Amorim, 18 pontos

13 – Luiz Carlos Ribeiro e Fernando Poeta, 17 pontos

14 – Marcelo Hahn e Guilherme Daudt, 13 pontos

15 – Rodnei Felício e Danilo Pinto, 9 pontos

16 – Betão Fonseca, 8 pontos

17 – Otávio Mesquita, 7 pontos

18 – Fernando Fortes, 4 pontos

19 – Paulo Totaro, 3 pontos

20 – Lorenzo Varassin/Paulo Varassin, 3 pontos

C 250 CUP 

1 – Betinho Sartório, 63 pontos

2 – Luiz Sena Júnior/Cleiton Campos, 57 pontos

3 – Marcos Paioli/Peter Gottschalk e Márcio Basso, 54 pontos

4 – Peter Michel Gottschalk, 42 pontos

5 – Christian Germano, 39 pontos

6 – Max Mohr, 30 pontos

7 – Flavio Andrade, 29 pontos

8 – Beto Rossi e Edson Ferreira, 28 pontos

9 – Claudio Simão, 18 pontos

10 – Theo De Nigris/Thiago De Nigris, 16 pontos

11 – Bruno Mesquita, 11 pontos

12 – Roberto Santos, 9 pontos

13 – Maurício Lund, 8 pontos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *