Copa Petrobras de Marcas: Valdeno Brito vence a primeira em Londrina, Thiago Camilo domina a segunda

Rodada que definirá o campeão será no dia 4 de dezembro, em Curitiba; sete pilotos têm chances de título na rodada decisiva que valerá pontuação dobrada

Valdeno Brito e Thiago Camilo confirmaram neste domingo em Londrina, na sétima etapa, porque são os pilotos que mais comemoraram até agora na Copa Petrobras de Marcas. Neste domingo, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), Valdeno (Chevrolet Astra #77) ganhou a corrida 1 e chegou à sua quinta vitória, enquanto Camilo (Astra #21) foi ao sexto triunfo e disparou ainda mais na liderança da temporada, com 225 pontos. Daniel Serra (Honda Civic #29) é o vice-líder, com 170.

“Foi uma corrida perfeita para mim. Estou contente porque o ano tem sido bom para mim, com as 13 vitórias que já conquistei em campeonatos brasileiros nessa temporada”, disse o Paraíba Voador, da equipe Mico’s Racing, quarto colocado na tabela com 153 pontos. Ele conquistou a vitória com uma ultrapassagem na última volta sobre Alceu Feldmann (Civic #10), que chegou em segundo. Fabio Carbone (Civic #20), companheiro de Alceu na FullTime Sports, completou o pódio em Lodrina após ter saído da pole position na primeira corrida.

Na segunda prova, com o grid invertido, Thiago Camilo (Carlos Alves Competition Team) largou na pole porque foi oitavo na corrida que abriu a sétima etapa. Ele conseguiu manter a posição na largada, segurou as investidas do Ford Focus #90 do estreante Ricardo Maurício e cruzou a linha de chegada em primeiro. Julio Campos (Astra #44), que andou no lugar de Galid Osman na equipe comandada por Carlos Alves, terminou em segundo. Ricardinho foi terceiro.

“A primeira bateria foi infeliz porque tive um toque com o Alceu, cai para trás, e tive uma briga muito limpa com o Serrinha, que é um cara muito leal na pista. Na segunda, o Ricardinho estava mesmo muito rápido e tive de jogar duro com ele, porque era importante ter o Julio ali em segundo dando uma proteção para mim. Mais importante é que saimos aqui de Londrina com uma boa vantagem no campeonato, demos um passo para o título e vamos tentar ir para Curitiba na final, com a pontuação dobrada, e conquistar mais um resultado positivo”, declarou Thiago Camilo.

A última etapa da Copa Petrobras de Marcas será no dia 4 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba, a capital paranaense. Na rodada final, a pontuação será dobrada. Ou seja, cada corrida dará ao vencedor 50 pontos, 40 para o segundo e assim sucessivamente. Sendo assim, apesar dos 225 pontos na frente, Camilo ainda disputa o título contra Daniel Serra (170 pontos), Thiago Marques (155), Valdeno Brito (153), Alceu Feldmann (139), Fabio Carbone (126) e Juliano Moro (122).

Resultado da corrida 1 — 7ª etapa – Londrina/PR
1) Valdeno Brito, Mico’s Racing (Chevrolet Astra) – 21 voltas, em 28min20s093
2) Alceu Feldmann, FullTime Sports (Honda Civic) – a 0s427
3) Fabio Carbone, FullTime Sports (Honda Civic) – a 0s997
4) Juliano Moro, Auto Racing (Honda Civic) – a 1s534
5) Julio Campos, Carlos Alves Competition Team (Chevrolet Astra) – a 1s912
6) Ricardo Maurício, Officer ProGP (Ford Focus) – a 2s426
7) Daniel Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 19s529
8) Thiago Camilo, Carlos Alves Competition Team (Chevrolet Astra) – a 20s070
9) Thiago Marques, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 20s479
10) Giuliano Losacco, Bassani Racing (Corolla) – a 20s745
11) Lorenzo Varassin, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 21s054
12) Claudio Caparelli, Amir Nasr (Ford Focus) – a 40s980
13) Willian Freire, Bassani Marcas (Corolla) – a 41s139
14) Carlos Eduardo Padovan, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 55s284
15) Wilson Pinheiro, Auto Racing (Honda Civic) – a 1 volta
16) Marcelo Lins, Amir Nasr (Ford Focus) – a 2 voltas
Não completou 75% (= 15 voltas)
17) Denis Navarro, Bassani Racing (Corolla) – a 19 voltas
18) Duda Pamplona, Officer ProGP (Ford Focus) – a 21 voltas
Melhor volta: Julio Campos, com 1min17s838 (média: 141,3 km/h)

Resultado da corrida 2 — 7ª etapa – Londrina/PR
1) Thiago Camilo, Carlos Alves Competition Team (Chevrolet Astra) – 21 voltas, 28min34s378
2) Julio Campos, Carlos Alves Competition Team (Chevrolet Astra) – a 0s417
3) Ricardo Maurício, Officer ProGP (Ford Focus) – a 0s622
4) Fabio Carbone, FullTime Sports (Honda Civic) – a 9s581
5) Daniel Serra, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 21s521
6) Giuliano Losacco, Bassani Racing (Corolla) – a 23s125
7) Alceu Feldmann, FullTime Sports (Honda Civic) – a 24s117
8) Valdeno Brito, Mico’s Racing (Chevrolet Astra) – a 24s315
9) Denis Navarro, Bassani Racing (Corolla) – a 25s424
10) Willian Freire, Bassani Marcas (Corolla) – a 25s535
11) Thiago Marques, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 26s131
12) Lorenzo Varassin, AMG Motorsport (Chevrolet Astra) – a 43s563
13) Claudio Caparelli, Amir Nasr (Ford Focus) – a 47s348
14) Carlos Eduardo Padovan, Serra Motorsport (Honda Civic) – a 1min13s0…
15) Wilson Pinheiro, Auto Racing (Honda Civic) – a 1 volta
16) Marcelo Lins, Amir Nasr (Ford Focus) – a 1 volta
Não completou 75% (= 15 voltas)
17) Juliano Moro, Auto Racing (Honda Civic) – a
18) Duda Pamplona, Officer ProGP (Ford Focus) – a
Melhor volta: Juliano Moro, 1min18s499 (média: 140,1 km/h)

CLASSIFICAÇÃO DA COPA PETROBRAS DE MARCAS

MARCAS
1) Chevrolet – 546 pontos
2) Honda – 435
3) Ford – 238 pontos

PILOTOS – os 10 primeiros, após 7 etapas
1) Thiago Camilo – 225 pontos
2) Daniel Serra – 170
3) Thiago Marques – 155
4) Valdeno Brito – 153
5) Alceu Feldmann – 139
6) Fabio Carbone – 126
7) Juliano Moro – 122
8) Galid Osman – 77
9) Fabio Fogaça – 70
10) Átila Abreu – 67 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *