Copa Shell HB20 encerra quinta etapa com dois vencedores inéditos

Raphael Abbate venceu na Pro, com Juba Giarreta (Elite) e Thiago Sansana (Super) conquistando a primeira vitória na temporada

A Copa Shell HB20 concluiu a quinta etapa da temporada na tarde deste domingo (5/09), no Autódromo Internacional de Curitiba. A prova marcou a terceira vitória de Raphael Abbate (Pro) na temporada e as primeiras de Juba Giarreta (Elite) e Thiago Sansana (Super). Com termômetros na casa dos 28 graus e sol forte, a prova transcorreu sem problemas até os minutos finais, quando Leandro Parizotto escapou na entrada da reta e se chocou contra a barreira de pneus. O safety car foi acionado e, como não houve tempo para a limpeza da pista antes da relargada, a corrida foi encerrada sob bandeira amarela.

A terceira vitória de Abbate foi concretizada no início da prova, quando superou o pole position Luciano Viscardi, ainda na primeira volta, e seguiu na ponta até o final. Leo Reis e Gustavo Magnabosco travaram bela disputa. Magnabosco levou a melhor, garantiu a segunda posição e fez a melhor volta da prova – vencendo também o Troféu Brazzo Volta Mais Rápida. Reis fechou em terceiro, com Kleber Eletric em quarto e Bruno Testa em quinto.

“Sabia que essa etapa seria decisiva, pois ela abre a segunda metade da temporada. Saímos de Curitiba com um segundo e um primeiro lugar, o que é excelente para o campeonato. A primeira corrida foi muito disputada nos minutos finais e consegui terminar em segundo. Hoje larguei em segundo lugar, consegui superar o Luciano Viscardi ainda no início da prova e liderei praticamente de ponta a ponta. Estou muito feliz”, comemorou Abbate.

A briga também foi forte na Elite, e Juba Giarreta venceu sua primeira corrida no ano. Assim como em 2020, o dono do carro #222 subiu ao degrau mais alto do pódio na capital paranaense. Marcus Índio largou na última posição e fez boa prova de recuperação para terminar em segundo. Rodrigo Barone foi o terceiro, Lucas Bornemann o quarto e Jorge Garcia o quinto.

“Estava batendo na trave nas últimas etapas. Felizmente hoje essa vitória veio. E de novo em Curitiba. Estou muito feliz com o resultado e espero evoluir ainda mais no campeonato”, celebrou Juba.

Pela Super, foi a vez de Thiago Sansana comemorar a primeira vitória no ano. O estreante Artur Scherer terminou mais uma vez no pódio, dessa vez em segundo, com Enzo Gianfratti em terceiro, João Bortoluzzi em quarto e Thiago Rizzo em quinto. “Foi ótimo. Graças a Deus hoje deu tudo certo e consegui essa primeira vitória na temporada. Agradeço a equipe que cuidou de tudo com muito carinho e me deu condições de vencer. Agora é só comemorar”, finalizou Sansana.

A Copa Shell HB20 retorna à pista no final de semana dos dias 2 e 3 de outubro, para a sexta etapa da temporada, na inauguração oficial do Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG).

Veja como terminou a corrida 2:
1. 20 Raphael Abbate (Pro) – 13 voltas em 24min56s401
2. 63 Gustavo Magnabosco (Pro)
3. 293 Leo Reis (Pro)
4. 70 Kleber Eletric (Pro)
5. 15 Bruno Testa (Pro)
6. 343 Chris Bornemann (Pro)
7. 90 Luciano Viscardi (Pro)
8. 808 Alberto Cattucci (Pro)
9. 222 Juba Giarreta (Elite)
10. 0 Wagner Cardoso (Pro)
11. 21 Marcus Índio (Elite)
12. 38 Rogerio Motta (Pro)
13. 777 Rodrigo Barone (Elite)
14. 41 Lucas Bornemann (Elite)
15. 84 Thiago Sansana (Super)
16. 116 Arthur Scherer (Super)
17. 19 Enzo Gianfratti (Super)
18. 99 João Bortoluzzi (Super)
19. 17 Thiago Rizzo (Super)
20. 71 Diego Vallini (Super)
21. 7 Rafael Maeda (Super)
22. 45 Edson Reis (Super)
23. 111 Leo Rufino (Super)
24. 13 Marcelo Zebra (Super)
25. 60 Lula Albuquerque (Super)
26. 9 Jorge Garcia (Elite)
27. 26 Silvio Gaspar (Super)
28. 16 Leo Martins (Super)
29. 33 Eduardo Doriguel (Super)
30. 11 Diego Peroni (Super)
31. 77 Beto Cavaleiro (Pro)
32. 23 Thaline Chicoski (Super)
33. 8 Leandro Parizzoto (Super)
Não completaram 75% da prova:
34. 177 Keka Teixeira (Elite)
35. 97 Luiz Sena Jr (Pro)
36. 27 Pedro Perdoncini (Elite)
37. 18 Daniel Nino (Elite)
38. 301 Rafael Reis (Pro)
39. 34 Rodrigo Elger (Pro)
40. 54 Tuca Antoniazi (Pro)
41. 69 Otavio Mesquita (Elite)
Melhor Volta: Gustavo Magnabosco – 1min44s646

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *