Copa Truck: Beto Monteiro abre maratona de corridas da Copa Truck com duas vitórias em Goiânia

Provas foram marcadas por sustos, confusões e muitas ultrapassagens no coração do Brasil

Beto Monteiro conquistou com autoridade neste sábado a vitória nas duas corridas que compuseram a terceira etapa da Copa Truck, que disputa neste fim de semana uma maratona de quatro provas em dois dias.

Atual campeão da categoria e vencedor da Primeira Copa, disputada no fim de junho em Cascavel e que abriu as atividades do automobilismo brasileiro pós-pandemia, Beto triunfou na primeira prova após largar da pole e sustentar a vantagem sobre Wellington Cirino e Felipe Giaffone, que completaram a pole. O grande susto do fim de semana aconteceu nesta disputa, quando o caminhão de Roberval Andrade pegou fogo após uma falha na turbina.

Já a segunda prova começou caótica quando o terceiro colocado, Adalberto Jardim, teve sua turbina explodida na frente de todo o grid, fazendo praticamente todo mundo que veio atrás danificar suas máquinas ao desviarem para fora da pista em alta velocidade. Giaffone e Cirino acabaram envolvidos na confusão e abandonaram.

Largando em oitavo na bateria complementar por conta do grid invertido, Beto tirou vantagem da confusão e se viu em segundo na relargada, atrás do companheiro Jô Augusto, que virou presa fácil nas voltas finais e fez a maior festa com a segunda posição, seu melhor resultado na categoria, a mesma coisa acontecendo com Luiz Lopes, Djalma Pivetta e Glauco Barros, estreante, que formaram o pódio final do sábado.

Com isso, Beto dispara para 40 pontos na tabela, contra 29 de Jô e 25 de Luiz e Rafael Lopes. A Copa 2 será definida com mais duas corridas neste domingo, que serão exibidos pelo SporTV2 a partir das 14h (de Brasília). Antes disso, às 9h, acontece a tomada de tempos.

Confira os resultados deste sábado:

Corrida 1
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 10 voltas em 21min07s362
2. Wellington Cirino (Mercedes), a 5s555
3. Felipe Giaffone (Iveco), a 7s154
4. André Marques (Mercedes), a 7s671
5. Rafael Lopes (Volkswagen), a 8s244
6. Adalberto Jardim (Protótipo), a 11s426
7. Jô Augusto (Volkswagen), a 12s430
8. Débora Rodrigues (Mercedes), a 18s609
9. Luiz Lopes (Iveco), a 18s681
10. Djalma Pivetta (Iveco), a 20s879
11. Fábio Fogaça (Protótipo), a 21s088
12. Glauco Barros (Volvo), a 24s542
13. Evandro Camargo (Mercedes), a 25s009

Não completaram 75% da prova
Raphael Teixeira (Protótipo), a 4 voltas
Pedro Paulo (Mercedes), a 4 voltas
Roberval Andrade (Mercedes), a 6 voltas
Alexandre Navarro (Mercedes), a 6 voltas
Daniel Kelemen (Mercedes), a 6 voltas
Valmir Benavides (Iveco), a 8 voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 8 voltas

Melhor volta: 1min49s041, Beto Monteiro

Corrida 2
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 11 voltas em 21min15s442
2. Jô Augusto (Volkswagen), a 1s136
3. Luiz Lopes (Iveco), a 4s179
4. Djalma Pivetta (Iveco), a 32s398
5. Glauco Barros (Volvo), a 48s414
6. Rafael Lopes (Volkswagen), a 1min23s678

Não completaram 75% da prova
André Marques (Mercedes) a 8 voltas
Felipe Giaffone (Iveco) a 8 voltas
Daniel Kelemen (Mercedes), a 8 voltas
Debora Rodrigues (Mercedes), a 9 voltas
Wellington Cirino (Mercedes), a 10 voltas
Adalberto Jardim (Protótipo) a 11 voltas
Evandro Camargo (Mercedes), a 11 voltas
Fábio Fogaça (Protótipo), a 10 voltas
Raphael Teixeira (Protótipo), a 11 voltas
Pedro Paulo (Mercedes), a 11 voltas
Roberval Andrade (Mercedes), a 11 voltas
Alexandre Navarro (Mercedes), a 11 voltas
Valmir Benavides (Iveco), a 11 voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 11 voltas

Melhor volta: 1min52s775, Rafael Lopes

Classificação parcial da Segunda Copa:

1. Beto Monteiro, 40
2. Jô Augusto, 29
3. Luiz Lopes, 25
4. Rafael Lopes, 25
5. Djalma Pivetta, 22
6. Wellington Cirino, 20
7. Glauco Barros, 19
8. Felipe Giaffone, 18
9. André Marques, 18
10. Adalberto Jardim, 14
11. Débora Rodrigues, 12
12. Fábio Fogaça, 9
13. Evandro Camargo, 7
14. Alexandre Navarro, 0
15. Roberval Andrade 0
16. Daniel Kelemen, 0
17. Paulo Salustiano, 0
18. Pedro Paulo, 0
19. Raphael Teixeira, 0

Classificação de equipes

1. Volkswagen/MAN, 136
2. Mercedes, 42
3. Iveco, 76
4. Volvo, 29

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *