Copa Truck decide segundo campeão do ano em Goiânia

Se a Copa Truck em Goiânia por si só já é emocionante (como ficou provado na primeira prova da história da categoria na região, em 2017), com disputa de título a promessa é de que a temperatura na pista seja mais alta que a ambiente – que deve girar em torno dos 35ºC no fim de semana.

A capital de Goiás decidirá neste domingo a Copa Centro-Oeste, que classifica seus três primeiros colocados para a Grande Final; até o momento, já estão garantidos na finalíssima os pilotos Wellington Cirino, Giuliano Losacco e André Marques. E a tendência é de que tenhamos pelo menos mais duas caras novas garantidas na decisão que acontece dia 2 de dezembro em Curitiba (PR).

Com 40 pontos em jogo (22 pela vitória na corrida 1 e 18 pela 2), 14 dos 20 pilotos do grid em Goiânia têm chances matemáticas – só não concorrem diretamente pelo título os estreantes e os que zeraram nos pontos na etapa anterior, em Campo Grande. E o mais legal de tudo isso é que os dois primeiros colocados, Felipe Giaffone e Roberval Andrade, estão empatados nos pontos.

“O maior problema sempre é a temperatura e as quebras, ainda mais com decisão. Vou ter que correr mirando o campeonato, pois não estou ainda na final. Existe uma pressão, o que é sempre bom para nos manter focados”, explica Giaffone. “Meu caminhão está tinindo desde Interlagos e espero conseguir manter o bom ritmo das duas últimas etapas para poder me garantir logo na decisão”, comenta Roberval.

Ambos possuem 38 pontos, uma vitória e um segundo lugar, mas Giaffone leva vantagem no critério de desempate por ter vencido a primeira corrida, que tem maior peso (não só em pontos) em relação à prova complementar.

Mas não são só os dois que estão bem cotados: André Marques, o terceiro colocado e já classificado para a decisão, também está de olhos bem abertos para a disputa do título – uma vez que, já classificado, o finalista que seguir concluindo as copas entre os três primeiros garante pontos extras para a decisão. “Estou muito confiante em conquistar mais um pódio e levar mais um troféu de copa pra casa. Nosso time tem trabalhado bem, entregado um equipamento com bom rendimento e os resultados estão acontecendo. Será um fim de semana bem interessante”, destaca Marques, o piloto que mais pontuou em 2018 (120, contra 90 de Giaffone).

Além da Copa Sul que já está definida e a Centro-Oeste que rola neste fim de semana, restarão as Copas Mercosul (com provas na Argentina e Uruguai) e a Copa Sudeste (em Curvelo/MG) em jogo antes da Grande Final. A programação do fim de semana consiste de treinos livres na sexta, tomada de tempos no sábado (com exibição ao vivo nas redes sociais da Copa Truck) e corridas no domingo (exibidas ao vivo pelo SporTV2).

Quem for ao autódromo no domingo, além das corridas, verá shows de Motocross Freestyle com Joaninha e a Equipe Negretti, de Drift com Vitor Jatobá, além do Desafio dos Brutos (uma arrancada envolvendo os pilotos do grid e seus caminhões) e diversas outras atrações na Arena Nação Truck, como um aulão de zumba, Praça de Alimentação, exposição de caminhões e brinquedos gigantes para as crianças.

Confira abaixo a pontuação da Copa Centro-Oeste:
1. Felipe Giaffone, 38 pontos
– Roberval Andrade, 38
3. André Marques, 29
4. Giuliano Losacco, 26
5. Débora Rodrigues, 22
6. Luiz Lopes, 22
7. Rodrigo Belinati, 19
8. Wellington Cirino, 18
9. Renato Martins, 16
10. Fábio Fogaça, 15
11. Duda Bana, 15
12. Adalberto Jardim, 14
13. Djalma Fogaça, 13
14. Regis Boessio, 12
15. Witold Ramasauskas, 0
16. Paulo Salustiano, 0
17. Beto Monteiro, 0
18. Danilo Dirani, 0
19. Pedro Paulo Fernandes, 0
20. Rogério Castro, 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *