Após meia temporada, disputa segue intensa no Mercedes-Benz Challenge

Após quatro etapas disputadas em 2018, o Mercedes-Benz Challenge tem um saldo positivo desta primeira metade de campeonato. Corridas emocionantes e a alternância entre os vencedores nesta nova fase da categoria resultaram em uma tabela de campeonato completamente aberta.

Na CLA AMG Cup, dez pontos separam os seis primeiros na geral, enquanto na divisão Master a liderança está dividida entre dois pilotos. Com a vitória em Campo Grande, Fernando Jr. tem 58 pontos no geral, apenas um à frente de Raijan Mascarello, com Adriano Rabelo e Roger Sandoval empatados com 51 pontos na sequência; já Fernando Amorim e Cesar Fonseca somam os mesmos 63 pontos na liderança da Master, com Betão Fonseca logo a seguir com 57.

Quatro pilotos diferentes marcaram poles (Roger Sandoval, Adriano Rabelo, Felipe Tozzo e Raijan Mascarello) e venceram (Mascarello, Rabelo, Betão Fonseca e Fernando Jr.) nas quatro etapas disputadas até o momento – uma prova da alta competitividade da categoria.

Já a C250 Cup tem Peter Gottschalk e Flávio Andrade ditando o ritmo. Na geral, com duas vitórias, Gottschalk soma 67 pontos e está seis à frente de Andrade, enquanto a dupla Marcos Paioli e Beto Rossi, com duas poles, ocupa o terceiro lugar com 50.

Curiosamente, Andrade e Paioli/Rossi disputam a liderança da Master, com Andrade levando a melhor por oito pontos. Outro destaque da temporada é André Moraes, que vem crescendo neste meio de ano com duas poles seguidas e uma vitória, e João Lemos, outro a subir no degrau mais alto do pódio.

A segunda metade da temporada conta com etapas em Goiânia, Curvelo e Curitiba, além de uma corrida internacional em Rivera, no Uruguai, a grande novidade do calendário, todas em conjunto com a Copa Truck.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *