Copa Truck: Wellington Cirino é o novo reforço da Copa Truck

Joel Mendes Jr. também está confirmado na estreia da categoria em Goiânia

A Copa Truck, a mais nova série de corrida de caminhões do automobilismo brasileiro, acaba de garantir outros dois nomes importantes para a sua temporada inaugural, que será aberta no próximo dia 28 em Goiânia. O paranaense Wellington Cirino, tetracampeão brasileiro e co-recordista em número de vitórias (27) juntamente com Renato Martins e Felipe Giaffone, acertou com o dublê de piloto e chefe de equipe André Marques e reforçará o grid já a partir da primeira rodada dupla da Copa Centro-Oeste. O catarinense Joel Mendes Jr. também estará na capital goiana pela Luhrs Motorsports.

Com 42 anos e um dos pilotos mais conhecidos do País, Cirino acredita que a decisão de correr na Copa Truck foi a mais correta do ponto de vista profissional. “Estou bastante motivado por reencontrar um pessoal de nível tão elevado. Além disso, o evento promete ser diferenciado em todas as áreas e trazer uma nova perspectiva para as corridas de caminhão”, afirmou o dono do maior número de poles entre os colegas – 31. A AM Motorsport está baseada na cidade de São Paulo e defenderá as cores da Mercedes-Benz.

Apesar de todo o currículo e da longa rodagem, Cirino sabe que a temporada será de trabalho árduo e resultados que provavelmente só serão colhidos lá na frente. “O André está montando uma equipe nova e ainda devemos levar de duas a três etapas para pegar o ritmo. Na verdade, nosso foco é 2018. Nossa meta agora será desenvolver o equipamento para brigarmos pelo campeonato no ano que vem”, explicou.

Com apenas um ano de experiência ao volante dos brutos, Joel Mendes Jr. também admite que a disputa com as grandes feras da Copa Truck será, ao mesmo tempo, desafiante e motivadora. “É muito difícil correr contra tantos campeões. Não é fácil pensar em pódios e vitórias com uma concorrência dessas. Mas fazer parte de um dos melhores campeonatos de caminhão de todo o mundo é estimulante.”

Joel, de 28 anos, correrá com um Scania. Mesmo reconhecendo o tamanho da tarefa que terá pela frente, faz questão de manter uma postura positiva. “Eu sempre vou entrar numa corrida pensando em ganhar. Se eu conquistar os patrocínios que estou buscando e o fator econômico não for uma questão determinante, tenha certeza que poderemos lutar de igual para igual contra qualquer um.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *