Copa Vicar: Capparelli larga na primeira fila da etapa do Rio de Janeiro da Copa Vicar

O clima no box da Scuderia Tekprom após o treino classificatório para a etapa do Rio de Janeiro da Copa Vicar variou entre a alegria e decepção. O piloto Cláudio Capparelli liderou durante a maior parte do tempo, mas perdeu a pole a poucos minutos do fim. Já seu companheiro de equipe, Lucas Molo, acabou prejudicado com um acidente que obrigou o uso da bandeira vermelha na pista. Assim, Lucas não conseguiu melhorar seu tempo e está fora do grid de largada da prova, que acontece neste domingo, às 13h05m.

Com um tempo de 1m23s900, Capparelli esteve na frente até o final do treino, mas Diego Freitas, com 1m23s835, conseguiu tomar a pole do carioca. Ainda assim, o piloto acredita que as chances de vitória são boas para a prova de domingo.


– É sempre bom largar na primeira fila. Foi um treino muito complicado. Qundo usei o primeiro jogo de pneus e consegui o melhor tempo, achei que não fosse mais ser alcançado. Mas quando o Freitas conseguiu tomar a pol, já não dava mais tempo. Mas acho que dava para buscar o resultado se tivesse tempo para usar o segundo jogo de pneus – afirmou.


O piloto afirma ainda que Freitas terá trabalho deste o início da corrida.


– Ele vai ter que aguentar pressão do início ao fim. Não tenho dúvidas de que vamos atrás da vitória. O carro está muito bom, dá para chegar lá – disse.


Já Lucas não escondeu a decepção de não poder disputar a prova. Segundo ele, a estratégia não foi a melhor para o treino classifiatório.


– É chato, muito chato. Erramos logo no início, quando preferimos apostar que não iria chover. Entramos com pneus para pista seca, e quando mudamos a estratégia, teve o acidente e não consegui melhorar o tempo. É triste, mas pelo menos o Capparelli está na frente. Vou torcer por ele – afirmou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *