Copa Vicar: Diego Freitas enfrenta início de etapa difícil em Interlagos

Piloto baiano fechou a sexta-feira com o 22º tempo, uma marca considerada ruim apesar do uso de pneus velhos.

A rodada de encerramento da Copa Vicar Stock Car em 2008 começou de forma atípica para o piloto baiano Diego Freitas, da equipe Katalogo Racing. Pole position na etapa do Rio de Janeiro e quarto colocado na corrida seguinte, em Curitiba, ele vinha em uma curva ascendente de resultados desde que chegou à competição, em abril deste ano. Mas sofreu um revés nesta sexta-feira, durante os primeiros treinos livres para a nona prova da temporada, em São Paulo.

Depois de uma seqüência de corridas iniciadas com treinos positivos, Diego fechou a sexta-feira em Interlagos na 22ª posição. E precisou trabalhar rápido para correr atrás do prejuízo. “Desci do carro e fui direto para a sala de reunião, e fiquei por lá com meu engenheiro um bom tempo, falando sobre carro. Estamos trabalhando, mas a pista mudou muito desde a última corrida, e nosso acerto base não funcionou desta vez”, comentou.

Parte do desempenho ruim do carro de Freitas nesta sexta-feira pode ser creditado ao uso de pneus já desgastados. Mas, na opinião do piloto, o setup ainda pode melhorar. “No treino de classificação usaremos pneus novos e isso naturalmente melhora o carro, mas as reações estão muito pouco constantes, independente da condição dos pneus. Por isso ainda temos muito trabalho a fazer para amanhã”, declarou Freitas.

Segundo melhor estreante da temporada – mesmo sem ter feito todas as corridas do ano –, o piloto baiano vem sendo um dos destaques da categoria. E espera fechar a temporada marcando pontos novamente. “Nossa meta continua sendo marcar pontos em São Paulo. Começamos com alguma dificuldade, mas estamos trabalhando para melhorar. Se conseguirmos largar entre os 15 primeiros, esse objetivo certamente ficará mais próximo”, encerrou o piloto.

O resultado completo do segundo treino da Copa Vicar nesta sexta-feira foi o seguinte:
1º) Lico Kaesemodel (ML, PR), 1:44.397, média de 148,59 Km/h
2º) Rafael Daniel (P3, SP), 1:44.437
3º) Luiz Carreira Jr. (CA, SP), 1:44.641
4º) Paulo Salustiano (P3, SP), 1:44.753
5º) Renato Rattes (CA, SP), 1:44.785
6º) André Nicastro (CA, SP), 1:44.830
7º) Felipe Lapenna (P3, SP), 1:44.897
8º) Diogo Pachenki (ML, PR), 1:44.949
9º) Claudio Capparelli (P3, RJ), 1:44.950
10º) Afonso Bastos (P3, SC), 1:44.963
11º) Daniel Landi (P3, SP), 1:45.123
12º) Eduardo Leite (CA, SP), 1:45.287
13º) Cassio H de Mello (P3, SP), 1:45.298
14º) Beto Giorgi (ML, SP), 1:45.312
15º) Fabio Carreira (ML, SP), 1:45.381
16º) Sergio Ramalho (P3, SP), 1:45.387
17º) Rodrigo Navarro (CA, SP), 1:45.442
18º) Galid Osman (CA, SP), 1:45.572
19º) Serafin Junior (CA, RJ), 1:45.608
20º) Jason Oliveira (P3, SP), 1:45.636
21º) Thiago Gonçalves (P3, SP), 1:45.667
22º) Diego Freitas (ML, BA), 1:45.726
23º) Marcel Wolfart (CA, SC), 1:45.781
24º) Marcelo Tomassoni (P3, SP), 1:45.835
25º) Marco Cozzi (ML, SP), 1:45.954
26º) Renato Russo (P3, SP), 1:45.994
27º) Eduardo Berlanda (P3, SP), 1:45.994
28º) Wellington Justino (ML, GO), 1:46.035
29º) Leonardo Vital (CA, SP), 1:46.063
30º) Murilo Macedo (P3, SP), 1:46.198
31º) Cristiano Federico (P3, SP), 1:47.042
32º) Carlos A Cavaleiro (ML, SP), 1:48.151
33º) Carlos Medeiros (ML, SP), 1:50.061
34º) Marcus Leão (CA, RJ), 1:50.597

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *