Copa Vicar: Diego Freitas marca pontos na etapa de Curitiba, mas volta a ter problemas de motor

Piloto baiano recuperou seis posições na etapa deste domingo, e cruzou a linha de chegada em 11º.

O baiano Diego Freitas (TMAR Transportes de Veículos/MeuCarango.com) marcou neste domingo, em Curitiba, os primeiros pontos desde seu retorno à Copa Vicar Stock Car, ocorrida na etapa do Rio de Janeiro, há cerca de dois meses. Ele recebeu a bandeirada da sétima etapa da temporada na 11ª posição, e terminou a rodada com um resultado que pode ser considerado positivo em razão do desdobramento de um problema de motor ocorrido ainda no primeiro treino livre do final de semana.

O motor, aliás, foi o “calcanhar de Aquiles” do piloto baiano na sétima etapa da Copa Vicar. A quebra do propulsor teve conseqüências durante todo o final de semana, e voltou a incomodar o piloto baiano durante a corrida. Em razão da troca do motor, Diego teve de cumprir uma determinação do regulamento da categoria, que prevê a perda de cinco posições no grid para a prova.

Saindo em 17º, ele ganhou seis posições ainda na largada, e chegou a andar em nono na metade da prova. A perda de potência nos trechos de alta, no entanto, impediu o baiano de ir além. “Estou contente pelos pontos, mas volto a Salvador com a certeza de que poderia ter feito mais alguns pontos”, disse Freitas. “Consegui boa velocidade de contorno nas duas curvas do anel externo, mas no trecho de aceleração não tive muito o que fazer a não ser apertar o pedal até o fim”, acrescentou.

O anel externo do autódromo de Curitiba criou o ambiente ideal para uma das corridas mais competitivas da temporada, e abre a fase de duas provas nesse tipo de pista que, em geral, representam as rodadas mais disputadas do calendário. Encerrada a corrida deste final de semana, os pilotos partem para a corrida de Brasília, daqui a duas semanas, no anel externo do Autódromo Nelson Piquet.

“São pistas parecidas, mas a etapa de Brasília é mais veloz, já que não há uma freada tão forte quando a do final da reta de Curitiba. Para o público que vai ao autódromo ou que vê as provas pela TV, esse tipo de pista torna a disputa muito interessante e competitiva”, encerrou o baiano. A vitória na etapa deste domingo da Copa Vicar ficou com o paranaense Rodrigo Sperafico. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *