Copa Vicar: Justino larga na frente, mas após toque perde posições e chega em 7º

O final de semana foi de emoções variadas para Wellington Justino da Hot Car Racing. Cinco anos após sua última pole, o piloto goiano fez o melhor tempo no classificatório da Copa Vicar, e garantiu a primeira posição na largada da corrida deste domingo, no Autódromo Internacional de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Mesmo tendo liderado a corrida por muitas voltas, acabou sendo prejudicado no momento da largada, onde ficou ‘preso’ entre dois carros, o que ocasionou um problema em seu pneu. Justino terminou a sexta etapa da temporada na 7ª posição, e a vitória ficou com Felipe Lapenna.

É o que conta Justino, que apesar dos problemas ficou feliz em ter conseguido concluir a prova. “Na relargada, largada oficial, já que a primeira não valeu, fiquei espremido entre o Juliano Moro e o Thiago Gonçalves, com isso houve um toque no meu pneu, que foi perdendo pressão durante a corrida. No final da prova, ele estava com apenas 4 libras de calibragem. O pneu foi murchando aos poucos, e tive que segurar, pois se tivesse ido para o box teria perdido mais posições”, disse Justino.

Ao final da corrida, a equipe Hot Car Racing constatou que o pneu direito traseiro de Justino estava furado, e por isso, o piloto acabou rodando, e perdendo a liderança. “Consegui me manter na prova, mas era muito difícil segurar nas curvas, tive que dosar o pé. Por isso, não consegui brigar por mais posições”.

Apesar de lamentar o ocorrido, Justino se mostra confiante para as próximas etapas. “Foi uma pena, eu tinha tudo para ganhar a corrida, tinha uma chance muito boa, mas paciência, são coisas que acontecem, e agora é esperar a próxima etapa”, concluiu.

Para Amadeu Rodrigues, chefe de equipe da Hot Car Racing, faltou um pouco de sorte para Justino. “O que aconteceu foge do alcance para que possa ser feito algo, são coisas de corrida mesmo. O piloto e a equipe fizeram o que podiam, faltou um pouco de sorte também”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *