Copa Vicar: Pachenki, líder, aponta evolução em meio à intempérie de Brasília

Chuva inibe participação dos pilotos no segundo treino livre e Bragantini fecha a sexta-feira como mais rápido entre os 29 pilotos da Copa Vicar.

A chuva deu o tom à abertura da segunda etapa da Copa Vicar Stock Car, nesta sexta-feira (1º). Depois de uma sessão de treinos livres realizada com asfalto seco no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, poucos dos 29 participantes conseguiram melhorar seus tempos no treino final. Diante da chuva forte, poucos tentaram. Assim, o paulista André Bragantini Júnior fechou o dia com a volta mais rápida, em 1:02.258, com média de 168,787 km/h.

Líder do campeonato, o paranaense Diogo Pachenki ficou em sexto lugar, a 0s438 de Bragantini. A exemplo de outros 26 participantes, com o tempo que fez na sessão inicial. “Meu carro não estava legal no primeiro treino. No segundo, nós fomos para a pista e a chuva veio. Preferi não arriscar nada naquelas condições. Mesmo assim, com menos de duas voltas no segundo treino, pude perceber que o carro estava bem melhor”, resumiu o piloto da ALM Pachenki Motorsport.

A meteorologia aponta a alta probabilidade de chuva no fim de semana brasiliense. Segundo a página do instituto Climatempo na internet, tanto o sábado (2) quanto o domingo (3) terão manhãs de céu encoberto com pancadas de chuva no período da tarde. “A chuva pode aumentar bastante o trabalho, mas a mudança atinge todos os pilotos. Não há motivo para preocupação”, diz Pachenki, que tem no carro número 8 as cores e logomarcas de Marisol e One Store.

A atividade dos pilotos da Copa Vicar neste sábado estará restrita ao treino classificatório, marcado para as 10h20. A corrida de domingo terá largada às 13h e será transmitida ao vivo pelo Speed Channel e pelo site da Race TV, disponível no endereço www.racetv.com.br. A geração de imagens é da Master TV.

Combinados os resultados das duas sessões, os melhores tempos de cada piloto nos treinos livres em Brasília foram os seguintes:
1º) André Bragantini Júnior (SP/FTS Competições), 1min02s258
2º) Galid Osman (SP/Full Time Junior Team), 1min02s290
3º) Cássio Homem de Mello (SP/Scuderia 111), 1min02s504
4º) Wellington Justino (GO/Hot Car), 1min02s553
5º) Eduardo Leite (SP/DCM Motorsport), 1min02s645
6º) Diogo Pachenki (PR/ALM Pachenki Motorsport), 1min02s696
7º) Júlio Campos (PR/Carlos Alves Competition Team), 1min02s798
8º) Rafael Daniel (SP/FTS Competições), 1min02s891
9º) Juliano Moro (RS/Nascar Motorsport), 1min02s929
10º) Felipe Lapenna (SP/Full Time Junior Team), 1min02s933
11º) Serafim Júnior (SP/W2 Racing), 1min03s015
12º) Eduardo Berlanda (SP/F&F Racing), 1min03s125
13º) Cristiano Federico (SP/ATW Racing Team), 1min03s144
14º) Renato Russo (SP/ATW Racing Team), 1min03s167
15º) Pedro Boesel (PR/Katalogo Racing), 1min03s285
16º) Afonso Bastos (SC/F&F Racing), 1min03s379
17º) Lucas Finger (PR/AMG Motorsport), 1min03s409
18º) Rodrigo Navarro (SP/Gramacho Racing), 1min03s516
19º) Leonardo Vital (SP/RC3-Bassani), 1min03s707
20º) Guilherme Figueirôa (SP/Scuderia 111), 1min03s728
21º) Tiago Gonçalves (SP/DCM Motorsport), 1min03s772
22º) Gustavo Sondermann (SP/Gramacho Racing), 1min03s773
23º) Marcelo Tomasoni (SP/Carlos Alves Competition Team), 1min03s802
24º) Ítalo Silveira (SP/Prata MX Sports), 1min03s893
25º) Marcel Wolfart (SC/RZ Racing), 1min03s917
26º) Daniel Pflaumer (SP/Nascar Motorsport), 1min04s057
27º) Renato Rattes (SP/Action Power), 1min05s344
28º) Marco Cozzi (SP/Racequip Lobo), 1min06s158
29º) Beto Cavaleiro (SP/ATW II), 1min29s478

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *