Stock: Valdeno Brito fecha sexta-feira com o melhor tempo em Brasília

Chuva durante a segunda sessão garantiu o melhor tempo feito pelo líder do campeonato no treino anterior.

A instabilidade do clima em Brasília nesta sexta-feira, alternando sol e chuva ao longo de todo o dia, acabou afetando os treinos livres para a terceira etapa da Copa Nextel Stock Car. A primeira sessão ocorreu com pista seca, o que permitiu aos pilotos acelerarem forte no traçado externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet. Na segunda, entretanto, a chuva não deu trégua, impedindo que os tempos fossem melhores. Com isso, o paraibano Valdeno Brito, da RCM Motorsport (Peugeot), líder do campeonato, terminou o dia na frente, com o tempo de 59min947, média horária de 175,29 km/h. O bicampeão Cacá Bueno, da Red Bull Racing (Peugeot), ficou em segundo, 1min00seg02, enquanto Felipe Maluhy, da Tracker Racing (Peugeot), foi o terceiro, 1min00seg048.

A programação da etapa segue neste sábado, com o terceiro treino livre oficial, das 8h15 às 9h20, e com o classificatório que definirá o grid, das 11h45 às 13h. No domingo, a largada está prevista para as 11h03, para um total de 50 minutos ou voltas. A Rede Globo mostrará um compacto da prova e depois os minutos finais ao vivo, dentro do Esporte Espetacular.

Como aconteceu nos treinos da Copa Vicar, a Copa Nextel Stock Car também viveu dois momentos distintos nesta sexta-feira. No começo da tardem, quando da primeira sessão, os pilotos puderam acelerar forte com pista seca e Valdeno Brito rodou abaixo de um minuto.Na segunda, porém, a chuva desabou, deixando a pista bem molhada e dificultando a melhora dos tempos obtidos mais cedo. De qualquer forma, Valdeno foi o nome do dia, pois conseguiu ser o mais rápido nas duas sessões realizadas, confirmando a boa fase.

“Está tudo indo bem até agora. Tudo certinho. O carro está bom, mas são apenas os treinos de sexta-feira. É claro que estou feliz, mas tenho de manter os pés no chão. Sábado é outro dia”, declarou o piloto, que no ano passado venceu a Corrida do 1 Milhão de Dólares, no Rio de Janeiro, entrando para a história da categoria.

A classificação do campeonato após duas provas é a seguinte: 1) Valdeno Brito, 33 pontos; Paulo Salustiano, 32; 3) Antonio Pizzonia, 30; 4) Ricardo Maurício, 29; 5) Cacá Bueno, 25; 6) Daniel Serra, 20; 7) Thiago Camilo, 18; 8) Xandinho Negrão, 14; 9) Nonô Figueiredo e Max Wilson, 12; 11) Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta, 10; 13) Átila Abreu e Giuliano Losacco, 9; 15) Allam Khodair, 8; 16) Marcos Gomes, 7; 17) Antonio Jorge Neto, 6; 19) Thiago Marques, 3; 20) Norberto Gresse, 2; 21) Enrique Bernoldi, Luciano Burti e Ricardo Sperafico, 1.

Acumulado dos dois treinos de sexta-feira na terceira etapa da Copa Nextel Stock Car:

1º) 77 – Valdeno Brito (Peugeot, PB), 59.947, média de 175,29 Km/h
2º) 0 – Cacá Bueno (Peugeot, RJ), 1:00.002
3º) 33 – Felipe Maluhy (Peugeot, SP), 1:00.048
4º) 80 – Marcos Gomes (Chevrolet, SP), 1:00.095
5º) 51 – Atila Abreu (Chevrolet, SP), 1:00.098
6º) 18 – Allam Khodair (Peugeot, SP), 1:00.141
7º) 15 – Antônio Jorge Neto (Peugeot, SP), 1:00.167
8º) 29 – Daniel Serra (Peugeot, SP), 1:00.233
9º) 23 – Duda Pamplona (Chevrolet, RJ), 1:00.285
10º) 21 – Thiago Camilo (Chevrolet, SP), 1:00.288
11º) 3 – Chico Serra (Peugeot, SP), 1:00.306
12º) 11 – Nonô Figueiredo (Chevrolet, SP), 1:00.323
13º) 90 – Ricardo Mauricio (Chevrolet, SP), 1:00.379
14º) 35 – David Muffato (Peugeot, PR), 1:00.387
15º) 14 – Luciano Burti (Chevrolet, SP), 1:00.487
16º) 55 – Paulo Salustiano (Chevrolet, SP), 1:00.505
17º) 20 – Ricardo Sperafico (Peugeot, PR), 1:00.568
18º) 31 – William Starostik (Chevrolet, PR), 1:00.589
19º) 6 – Alceu Feldmann (Chevrolet, PR), 1:00.604
20º) 5 – Enrique Bernoldi (Peugeot, PR), 1:00.610
21º) 8 – Tarso Marques (Chevrolet, SP), 1:00.700
22º) 74 – Popó Bueno (Chevrolet, RJ), 1:00.714
23º) 9 – Giuliano Losacco (Peugeot, SP), 1:00.737
24º) 7 – Thiago Marques (Peugeot, PR), 1:00.753
25º) 65 – Max Wilson (Chevrolet, SP), 1:00.810
26º) 19 – Rodrigo Sperafico (Peugeot, PR), 1:00.815
27º) 16 – Daniel Landi (Peugeot, SP), 1:00.866
28º) 1 – Antonio Pizzonia (Peugeot, AM), 1:01.027
29º) 44 – Norberto Gresse (Chevrolet, SP), 1:01.083
30º) 99 – Xandinho Negrão (Chevrolet, SP), 1:01.378
31º) 63 – Lico Kaesemodel (Chevrolet, PR), 1:01.491
32º) 37 – Claudio Caparelli (Peugeot, RJ), 3:43.104

Melhor Volta: Valdeno Brito, 59.947 (175,29 km/h) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *