Copa Vicar: Pachenki obtém sexto lugar em Curitiba e se aproxima dos líderes da Copa Vicar

Campeão de 2004 fica a 22 pontos de Daniel, novo líder, faltando duas etapas para o fim da temporada. Sperafico conquista primeira vitória.

Para quem previa enfrentar uma das corridas mais difíceis do ano, Diogo Pachenki saiu bastante satisfeito da sétima etapa da Copa Vicar Stock Car, neste domingo (25) no Autódromo Internacional de Curitiba. Largando em 11º, o piloto paranaense da ALM Pachenki Motorsport terminou a corrida em sexto lugar. Com isso, reduziu de 29 para 22 pontos sua desvantagem em relação ao primeiro da tabela de pontos, que agora é Rafael Daniel.

Daniel assumiu a liderança com o terceiro lugar na corrida. A vitória foi de outro paranaense, Rodrigo Sperafico, que fez sua segunda participação na Copa Vicar – na estreia, há três semanas em Campo Grande, foi ao pódio em terceiro. O segundo lugar na prova foi de Eduardo Berlanda. Felipe Lapenna, que chegou a Curitiba como líder, abandonou e manteve seus 89 pontos. Daniel foi a 92, um a mais que o paranaense Júlio Campos, quarto na corrida.

Pachenki, que tem em seu carro as cores de Marisol e One Store, acabou beneficiado, na largada, pelo acidente entre Wellington Justino, André Bragantini e Pedro Boesel. Na segunda volta, ultrapassou Galid Osman e passou a figurar em sétimo, atrás de Sérgio Jimenez. A ultrapassagem sobre o paulista, que lhe valeu o sexto lugar, aconteceu na décima volta. “Fiquei muito tempo atrás do Serjinho, perdi contato com o grupo da frente”, resumiu.

Quando assumiu o sexto lugar, Pachenki estava cerca de cinco segundos atrás do primeiro pelotão. “Eu estava andando sozinho, sem vácuo nenhum, o que aqui significa perder uns três décimos (de segundo) por volta. Mesmo assim, meu ritmo era o mesmo dos pilotos do primeiro grupo, só que não conseguia chegar. Aí eu resolvi economizar o equipamento, pensando na possibilidade do safety car vir para a pista. Isso não aconteceu”, narrou.

O regulamento da Copa Vicar determina que cada piloto descarte seus dois piores resultados. O descarte, se aplicado sobre a classificação atual, devolve a liderança a Lapenna, com 89 pontos. Daniel cai à vice-líderança, com 82, contra 79 de Campos e 63 de Pachenki e do paulista Gustavo Sondermann. A oitava e penúltima etapa da temporada será disputada em 8 de novembro no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *