Dakar: Caminhão de Azevedo “resgata” dois competidores

Sexto colocado na classificação geral entre caminhões do Rally Dakar, o trio formado por André Azevedo, Maykel Justo e Mira Martinec perderam 25 minutos na segunda etapa da competição. Ele, porém, preferiram desperdiçar este tempo em prol da solidariedade.

Isso porque eles optaram por parar em duas oportunidades para ajudar outros competidores. Primeiro, retirou o Mitsubishi Pajero Full da dupla Jean Azevedo/Youssef Haddad de uma grande vala logo no início do trecho cronometrado. Em seguida, destombou o caminhão do piloto Tomas Tomecek, que também utiliza um peso-pesado Tatra.

Caso o tempo perdido fosse convertido para a soma final do veículo neste domingo, eles teriam encerrado a etapa na terceira colocação – obviamente, entretanto, outras variáveis poderiam ter aparecido no caminho e atrasado os dois brasileiros e o tcheco.

“O piso do roteiro de hoje era de fesh fesh, um tipo de areia fofa que parece talco. Muitos veículos de todos os tipos – carros, motos e caminhões – ficavam presos nos buracos que se formavam. Em determinado momento, a fila de carros parados à nossa frente era tão grande que decidimos abrir caminho no meio das árvores ao lado da pista. Foi uma etapa complicada, diferente do que imaginávamos anteriormente”, comentou André.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *