Dakar: José Hélio faz uma das melhores provas no Rally Dakar

Brasileiro chegou a liderar a categoria motos, no entanto não conseguiu manter a regularidade e terminou a prova em 24º lugar.

Depois de um dia de descanso, o retorno dos competidores às trilhas do Rally Dakar foi uma excelente momento para o brasileiro José Hélio. O piloto chegou a liderar a oitava etapa no início da especial, deixando para trás o líder da categoria, o espanhol Marc Coma. No entanto, após a metade da bateria, o piloto acabou perdendo posições e terminou a prova com o 27º lugar. Ao final da especial, o francês Cyrill Despres passou a frente e garantiu sua segunda vitória na competição. O resultado não atrapalhou o desempenho do brasileiro na classificação geral. José Hélio permanece em 12º lugar.

O primeiro a largar foi o chileno Francisco Lopez, vencedor da última etapa. Logo após, José Hélio assumiu a liderança. Mesmo perdendo posições, ficou entre os primeiros o tempo todo. Ao f inal da especial, os adversários conseguiram uma pequena vantagem que atrapalhou o resultado do brasileiro.

Esta fase foi disputada entre as cidades de Valparaíso e La Serena, no Chile e contou com 649 quilômetros, entre eles 290 de trechos cronometrados. A etapa não apresentou grande dificuldade aos participantes. Durante toda a prova, eles tiveram de enfrentar apenas um tipo de terreno no Deserto do Atacama.

Amanhã, a competição segue para a nona etapa quando os competidores percorrerão o trecho entre as cidades de La Serena e Copiapó, ainda em solo chileno. Com uma especial de 488 quilômetros, os pilotos encontrarão vários tipos de terreno e mais uma vez terão as dunas como obstáculo. É uma etapa importante para somar pontuação.

O Rally Dakar segue até o dia 19 de janeir o quando os competidores retornam a Buenos Aires. Está é a primeira vez que José Hélio disputa a competição. O brasileiro enfrenta as trilhas com a motocicleta Honda CRF 450X, e conta com o patrocínio da Honda do Brasil, ASW e Flash Power.

Classificação Geral – categoria motos

1 – Marc Coma – Espanha – 30h33min15s
3 – David Fretigne – França – 31h39min43s
3 – Cyrill Despres – França – 32h6min49s
4 – Jonah Street – Estados Unidos – 32h12min22s
5 – Pall anders Ullevalseters – Noruega – 32h15min39s
6 – Jordi Villadoms – Espanha – 32h28min57s
7 – Francisco Lopez – Chile – 32h33min53s
8 – Helder Rodrigues – Portugal – 32h37min12s
9 – David Casteau – França – 32h40min12s
10 – Frans Verhoeven – Holanda – 32h55min32s
12 – José Hélio – Brasil – 33h33min14s

Resultados – 8ª etapa

1 – Cyril Despres – França
2 – Marc Coma – Espanha
3 – Francisco Lopes – Chile
4 – Alain Duclos
5 – Jordi Viladoms – Espanha
6 – David Fretigne – França
7 – Farres Guell – Espanha
8 – David Casteu – França
9 – Pedrero Garcia – Espanha
10 – Pall anders Ullevalseters – Noruega
24– José Hélio – Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *