Dakar: Luc Alphand é o novo líder do Rally

O francês Luc Alphand venceu a etapa desta quinta-feira e ultrapassou seu compatriota Stephane Peterhansel na classificação geral da categoria carros do Rally Dakar de 2006. Peterhansel teve problemas com a roda traseira chegando em 60º lugar entre os carros.


Peterhansel bateu em uma árvore, danificando a parte traseira de seu carro. Com isso, ele completou a 12ª etapa, entre Bamako (Mali) e Labé (Guiné) 3h16min14 atrás do vencedor da especial, Luc Alphand.


O sul-africano Giniel de Villiers, terceiro colocado no dia, é vice-líder no geral e está a apenas 20min31s de Alphand. Nani Roma é o terceiro, seguido de Mark Miller e Jean-Louis Schlesser.


Entre as motos, o brasileiro Jean Azevedo completou a etapa em 4º lugar, com o tempo de 4h55min15s, ficando a apenas 3 minutos do vencedor, o francês Cyril Despres. O espanhol Marc Coma lidera a classificação geral das motos, seguido de Despres e do italiano Giovanni Sala.


Jean Azevedo aparece na oitava colocação, mas poderia estar em quinto lugar, se não tivesse sido punido com duas horas de acréscimo por não ter passado por um posto de controle em uma das etapas.


Além do brasileiro, o chileno Carlo de Gavardo e o norueguês Pal Anders Ullevalseter entregaram um documento a organização reiterando o descontetamento com o novo regulamento, onde reclamam que muitos deixaram de passar pelos postos de controle e desrespeitaram o limite de velocidade, mas apenas alguns foram punidos.


De acordo com os prejudicados, o francês Cyril Despres, atual campeão e vice-líder no geral, teria ignorado um posto de controle e passado a 82 km/h por um vilarejo, onde a velocidade máxima permitida é de 50 km/h. Apesar das reclamações, os pilotos e suas equipes não acreditam que o documento entregue aos organizadores do Dacar altere os resultados.


Entre os caminhões, o brasileiro André Azevedo terminou a 12ª etapa em quarto lugar, com o tempo de 6h18min04s, o que lhe garantiram a permanência no quarto lugar na classificação geral.


O vencedor da especial do dia foi o holandês Hans Stacey, que fechou o trecho entre Bamako e Labé, em 5h41min02, e está em segundo lugar no geral. O líder é o russo Vladimir Chagin, que só perderá o título em caso de quebra do carro. Ele terminou a etapa desta quinta-feira em terceiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *