Dakar: Sexto no geral, André Azevedo é o melhor brasileiro

Dos 11 veículos brasileiros que largaram para a disputa da 31ª edição do Rally Dakar no último dia 3 de janeiro, apenas cinco finalizaram a 14ª etapa e cruzaram a linha de chegada no retorno a Buenos Aires, neste sábado. Sexto colocado na classificação geral entre os caminhões, André Azevedo foi o melhor representante nacional.

Entre as motos, Zé Hélio percorreu os 227 quilômetros que separam Córdoba de Buenos Aires em 01h54min33s, na 16ª colocação da última etapa. Ele ficou 11min56s atrás do vencedor, o português Helder Rodrigues. Na classificação geral, o piloto da Honda ficou na 12ª posição, com o tempo de 57h09min30s. O campeão Marc Coma foi 4h54min57s mais rápido.

Rodolpho Mattheis também participou da disputa entre as motos. Na última etapa, ele terminou com o tempo de 2h15min17s, na 54ª posição. O piloto da Yamaha chegou 32min40s atrás do vencedor. Com 13h39min33s de desvantagem em relação ao campeão, ele foi o 31º no geral ao fazer 65h54min06s.

Ao lado do compatriota Maykel Justo e do tcheco Jaromir Martinec, André Azevedo foi o melhor representante do País no Rally Dakar. Com o tempo de 59h06min04s, o trio foi o sexto no geral, 9h31min18s atrás do russo Firdaus Kabirov. Na última etapa, o Tatra da equipe precisou de 03h01min22s para chegar no 43º lugar, 1h11min26s depois dos ganhadores.

Nos carros, Paulo Pichini e Lourival Roldan foram os 65º colocados na classificação geral, com o tempo de 143h27min20s. O sul-africano Giniel de Villiers foi campeão com 95h16min23s de vantagem em relação aos brasileiros da Mitsubishi. Na última etapa, eles foram os 41º colocados ao cravarem 2h04min53s e ficaram 29min10s atrás dos vencedores.

Jean Azevedo e Youssef Haddad também competiram entre os carros. Na última etapa, eles cruzaram a linha de chegada 3h12min41s depois dos ganhadores e terminaram no 89º lugar, com o tempo de 4h48min24s. Na classificação geral, a dupla da Mitsubishi conseguiu a 23ª posição ao completar o percurso em 78h19min45s. Os brasileiros foram 30h08min48s mais lentos que os campeões.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *