Desafio das Estrelas: Ana Beatriz conclui Desafio Internacional das Estrelas em 15o lugar

Ana Beatriz (Nova Schin /Bardahl /PowerZol /Healthy Choice) terminou em 15o lugar em sua primeira participação no Desafio Internacional das Estrelas, neste fim de semana, em Florianópolis, com a soma de seus resultados, 19º lugar na primeira bateria, realizada no sábado, 28, e 10º na segunda, realizada neste domingo, 29. O campeão foi Michael Schumacher, vencedor da primeira bateria, e o vice, Felipe Massa, vencedor da segunda.

Esta foi a primeira vez que uma mulher correu na prova festiva de kart promovida por Massa e disputada por pilotos top da Fórmula 1, da Fórmula Indy e de outras categorias nacionais e estrangeiras há cinco anos.

“Eu me sinto realizada por ter participado dessa prova especial, por ter corrido com pilotos com quem estarei na pista em breve, com pilotos que são amigos e com alguns dos ídolos mundiais do automobilismo. Apesar de eu ser uma estreante contra feras que já disputaram o Desafio várias vezes, foi uma experiência muito legal. E adoraria ser convidada para estar aqui novamente no ano que vem”, diz Ana Beatriz, que se prepara para estrear na Fórmula Indy em 2010.

Na segunda bateria, ela correu com o motor e o carburador usados por Felipe Giaffone na véspera, definidos em sorteio após a primeira prova. “A performance do kart foi melhor. O carburador enchia demais nas ultrapassagens. Por isso perdi posições logo na largada, disputando com o João Paulo Oliveira. Mas, mesmo assim, deu para ganhar algumas posições. Eu me enrosquei com outros umas duas ou três vezes, mas isso é normal em uma prova com karts iguais e pilotos muito experientes. As disputas foram muito intensas e a corrida foi muito legal”, descreve Ana Beatriz.

Na primeira bateria, ela saiu da 16ª posição, e largou bem, mas, na segunda volta, foi jogada para fora da pista por Xandynho Negrão, caiu para a 25ª e última posição, se recuperou e avançou até a 15ª posição. “Do meio para o fim, meu kart perdeu rendimento, porque a palheta do carburador quebrou”, resume a piloto, que havia feito o nono tempo no primeiro treino classificatório.

“Dentro da pista foi um fim semana desafiador. Fora da pista, foi ótimo. O evento foi fantástico, em um ambiente muito bacana. Foi uma boa oportunidade para conversar com pilotos que correm em vários lugares do mundo. Até com o Michael Schumacher deu para trocar umas ideias. Isso enriquece. Foi uma honra participar do Desafio Internacional das Estrelas e quero parabenizar o Felipe Massa, o Carlinhos Romagnolli e toda a organização por realizar esse evento”, conclui Ana Beatriz, a única mulher do mundo a vencer na Fórmula Renault e na Firestone Indy Lights, e a primeira brasileira a chegar a uma categoria top do automobilismo mundial.

500 milhas de Kart

No próximo fim de semana, em uma das equipes de Rubens Barrichello, Ana Beatriz participará das 500 Milhas de Kart, na Granja Viana, em Cotia (SP), também com patrocínio da Nova Schin, da Bardahl e da PowerZol, e com apoio da Healthy Choice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *