DTM: Mattias Ekstrom vence em Oschersleben

O sueco Mattias Ekstrom (Audi) venceu neste domingo (18/09), em Oschersleben, na Alemanha, 8ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Ekstrom no ano e 16ª na categoria. O alemao Martin Tomczyk e o italiano Edoardo Mortara completaram a trinca da Audi.

Com muita chuva, Ekstrom assumiu a liderança ao superar o canadense Bruno Spengler (Mercedes). Rapidamente o sueco abriu vantagem sobre Spengler, que passou a ter problemas de estabilidade em seu Mercedes (provavelmente após acertar uma zebra depois do primeiro pit stop).

Spengler acabou antecipando o seu segundo pit stop. Contudo perdeu vinte segundos, quando os mecânicos da HWA se enrolaram para retirar a roda dianteira direita. Ele caiu para 11º, fora da zona de pontos.

Da 14ª posição, Tomczyk assumiu a segunda posição. Pouco depois o líder do campeonato saiu da pista na curva um, perdendo a posição para Mortara. Na rodada final de pit stops, o alemão recuperou a segunda posição.

Ekstrom recebeu a bandeirada com 42 segundos de vantagem sobre Tomczyk. Mortara terminou em 3º, pela segunda corrida consecutiva.

Saindo da última fila, o britânico Gary Paffett e o alemão Christian Vietoris, fizeram uma grande prova de recuperação. Com a mesma estratégia, os dois permaneceram na pista com suas Mercedes; o maior tempo possível, antes do primeiro pit stop, ganhando muitas posições. Paffett foi o 4º, com Vietoris em 5º, conquistando a sua melhor colocação na categoria. O alemão Mike Rockenfeller (Audi) terminou em 6º, seguido pelo compatriota Maro Engel (Mercedes).

Pole-position, o espanhol Miguel Molina (Audi) marcou o seu primeiro ponto na temporada. Logo na primeira curva ele saiu da pista. No retorno ele acabou fazendo o parceiro de equipe, o alemão Timo Scheider, rodar e cair para o final do pelotão. No final da prova Molina escapou novamente, caindo da 3ª para a 8ª posição.

Praticamente sem freios, Spengler abandonou faltando duas voltas.

Depois da prova, alemão Ralf Schumacher (Mercedes) foi punido, com a perda de três posições no grid de largada da próxima etapa. O ex-F-1, depois de rodar na curva um, acabou acertando o português Felipe Albuquerque (Audi) duas curvas depois. 

Tomczyk lidera o campeonato com 58 pontos, nove a mais do que Spengler. Em 3º, Ekstrom soma 39.

A próxima etapa, a penúltima do ano, acontece em Valência, na Espanha, no dia 02 de outubro.

Final:

1.  Mattias Ekstrom  Abt Audi   45 voltas em 1h16m14s996
2.  Martin Tomczyk  Phoenix Audi  + 42s167
3.  Edoardo Mortara  Rosberg Audi  + 43s376
4.  Gary Paffett  HWA Mercedes  + 53s184
5.  Christian Vietoris Persson Mercedes + 53s873
6.  Mike Rockenfeller  Abt Audi  + 54s795
7.  Maro Engel  Mucke Mercedes  + 56s504
8.  Miguel Molina  Abt Audi  + 1m04s593
9.  Oliver Jarvis  Abt Audi  + 1m22s704
10.  David Coulthard  Mucke Mercedes  + 1m25s008
11.  Jamie Green HWA Mercedes  + 1m27s514
12.  Rahel Frey  Phoenix Audi  + 1 volta

Abandonos:

Bruno Spengler HWA Mercedes  42 voltas
Timo Scheider  Abt Audi  25 voltas
Filipe Albuquerque  Rosberg Audi 11 voltas
Ralf Schumacher  HWA Mercedes   9 voltas
Renger van der Zande  Persson Mercedes  6 voltas
Susie Stoddart  Persson Mercedes  2 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *