DTM: Mike Rockenfeller vence em Brands Hatch

O alemão Mike Rockenfeller (Phoenix Audi) venceu neste domingo (19/05), em Brands Hatch, na Inglaterra, a segunda etapa da temporada. Foi a sua segunda vitória na categoria. Os canadenses Bruno Spengler (Schnitzer BMW) e Robert Wickens (HWA Mercedes) completaram o pódio.

Pole-position, Rockenfeller (que herdou a pole com a punição imposta ao alemão Martin Tomczyk), rapidamente abriu vantagem no começo da prova, sobre o brasileiro Augusto Farfus (RBM BMW) e Spengler.

Os três primeiros mantiveram as posições, após a primeira parada nos pits, iniciada na 30ª volta. Trinta voltas depois, com os ponteiros no mesmo ritmo; começou a segunda rodada de pit stops.

Logo depois de deixar os boxes na 63ª volta, Farfus começou a ter problemas na caixa de marchas. Ele ainda parou na reta de largada para tentar engatar novamente o carro, mas estava travado na terceira marcha, e assim teve de abandonar a prova na 65ª volta.

“Estávamos muito bem na corrida e nosso ritmo era forte. Depois do meu segundo pit-stop, tive um problema com o câmbio, que ficou travado na 3ª marcha. Tentei parar o carro na pista e engatá-lo novamente, mas não foi possível. Completamos 10 corridas no ano passado sem nenhum problema mecânico, então estou desapontado, especialmente estando em 2º. É uma pena não ter conquistado os pontos, porque realmente tínhamos grandes chances de um excelente resultado”, declarou Farfus.

Sem adversários, Rockenfeller completou as 98 voltas com 7s641 de vantagem sobre Spengler.

“Esta foi uma corrida daquelas que todo piloto deseja”, disse Rockenfeller. “Larguei bem e consegui determinar o ritmo. Os pneus macios se desgastaram mais rápido do que em Hockenheim, e isso nos surpreendeu. Mas muitos outros pilotos tiveram o mesmo problema e nós adotamos a estratégia correta. Meu carro funcionou perfeitamente e a equipe Team Phoenix foi brilhante nos dois pit-stops. Agradeço a eles por isso. Depois de Hockenheim, nós trabalhamos realmente como um time e o resultado apareceu hoje”, acrescentou.

O britânico Gary Paffett (HWA Mercedes) terminou em terceiro. Contudo pouco depois, ele recebeu uma punição de cinco segundos, por não diminuir a velocidade em bandeira amarela, e caiu para sexto.

Wickens herdou a última vaga, subindo ao pódio pela primeira vez na categoria.

O alemão Marco Wittmann (MTEK BMW) terminou em quarto, seguido pelo norte-americano Joey Hand (RBM BMW) e Paffett.

O sueco Mattias Ekstrom (Abt Audi), o alemão Christian Vietoris (HWA Mercedes), o alemão Timo Scheider (Abt Audi) e o alemão Pascal Wehrlein (Mucke Mercedes) completaram os dez primeiros.

Rockenfeller é o novo líder do campeonato com 29 pontos, seguido por Spengler com 28 e Farfus com 25.

A próxima etapa está marcada para os dias 01 e 02 de junho, na Áustria.

Final:

1- Mike Rockenfeller (Phoenix Audi), 1h11min28s719
2- Bruno Spengler (Schnitzer BMW), a 7s641
3- Robert Wickens (HWA Mercedes), a 24s368
4- Marco Wittmann (MTEK BMW), a 24s964
5- Joey Hand (RBM BMW), a 26s076
6- Gary Paffet (HWA Mercedes), a 25s071
7- Mattias Ekström (Abt Audi), a 36s523
8- Christian Vietoris (HWA Mercedes), a 38s940
9- Timo Scheider (Abt Audi), a 39s519
10- Pascal Wehrlein (Mucke Mercedes), a 40s290
11- Miguel Molina (Phoenix Audi), a 40s853
12- Dirk Werner (Schnitzer Audi), a 1 volta
13- Martin Tomczyk (RMG BMW), a 1 volta
14- Timo Glock (MTEK BMW), a 1 volta
15- Jamie Green (Abt Audi), a 1 volta
16- Roberto Merhi (HWA Mercedes), a 1 volta
17- Filipe Albuquerque (Roberg Audi), a 1 volta
18- Adrien Tambay (Abt Audi), a 1 volta
19- Andy Priaulx (RMG BMW), a 2 voltas
20- Daniel Juncadella (Mucke Mercedes), 2 voltas

Não completaram:

Edoardo Mortara (Rosberg Audi), 87 voltas completadas
Augusto Farfus (RBM BMW), 65 voltas completadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *