DTM: Robert Wickens vence em Nürburgring. Augusto Farfus é segundo

O canadense Robert Wickens (HWA Mercedes) venceu neste domingo (18/08), Nürburgring, na Alemanha, a sétima etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Wickens na categoria. O brasileiro Augusto Farfus (RBM BMW) e o alemão Christian Vietoris (HWA Mercedes) completaram o pódio.

Pouco antes da largada, uma forte chuva deixou a pista encharcada. Com pneus macios, Farfus, que alinhou na pole, manteve a ponta na largada. Logo após a largada, vários carros rodaram; entre eles o líder do campeonato o alemão Mike Rockenfeller (Phoenix Audi). Com as rodadas, o Safety-Car foi acionado no final da primeira volta.

Com o carro de segurança na pista, Rockenfeller foi o primeiro a entrar nos boxes, e colocar pneus de chuva. Com a prova reiniciada, o alemão assumiu a liderança na 6ª volta, enquanto os rivais entravam nos boxes para colocar pneus de chuva, seguido pelo francês Adrien Tambay (Abt Audi), Farfus e Wickens.

Com Tambay segurando o pelotão, Rockenfeller foi abrindo vantagem. Farfus pressionava Tambay, tentando várias vezes a ultrapassagem, com isso Wickens colou nos dois, e acabou aproveitando a situação. Por fora, o canadense superou os dois, assumindo a segunda posição. Na volta seguinte, e já com a pista mais seca e um trilho definido, Farfus finalmente passou Tambay.

Na 41ª volta, Rockenfeller fez a sua segunda parada obrigatória nos boxes, voltando em quarto. Wickens assumiu a liderança, com 2s237 de vantagem sobre Farfus. Vietoris era o terceiro, seguido por Rockenfeller.

Com a chuva, a prova terminou no tempo limite, de 75 minutos, Wickens recebeu a bandeirada, após 47 (de 49 voltas programadas), com 2s158 de vantagem para Farfus. Vietoris fechou o pódio.

“Foi uma incrível e louca prova. Nossos pits e troca de pneus foram perfeitas. Minha equipe fez uma grande prova. Estou maravilhado com minha primeira vitória no DTM”, declarou Wickens.

“A corrida foi fantástica. Na verdade, a chuva que apareceu no começo da prova dificultou a situação, mas, de qualquer maneira, a gente sobreviveu. Acho que era uma corrida em que o importante era chegar no final, e isso a gente fez. O que ficou faltando foram as primeiras voltas, quando a gente colocou os pneus de chuva. Estávamos esperando por uma pista mais seca e preparamos os pneus para este tipo de condição, mas a chuva aumentou e a gente demorou para aumentar a temperatura e obter aderência com os pneus de chuva, e por isso que a gente acabou perdendo a vitória. Nessas condições, você só pensa em manter o carro na pista e chegar até o final, e foi isso que eu fiz. Sendo o primeiro da fila, você acaba sendo a referência para todo mundo, então foi difícil adotar a estratégia certa, mas está tudo bem. Acho que o resultado foi bom e é isso o que conta. E o importante é estar no pódio novamente, ainda mais numa corrida como essa, onde tudo pode acontecer.”, disse Farfus.

Rockenfeller foi o quarto, seguido pelo alemão Martin Tomczyk (RMG BMW) e Tambay. O alemão Marco Wittmann (MTEK BMW), o espanhol Miguel Molina (Phoenix Audi), o britânico Jamie Green (Abt Audi) e o francês Pascal Wehrlein (Mucke Mercedes) completaram a zona de pontos.

Rockenfeller lidera o campeonato com 106 pontos. Vietoris é o segundo com 71, seguido por Wickens com 70. Farfus é o 5º, com 66.

A próxima etapa do campeonato acontecerá em 15 de setembro no circuito de Oschersleben, na Alemanha.

Final:

1) Robert Wickens – HWA Mercedes – 47 voltas – 1h15m33.710
2) Augusto Farfus – RBM BMW – a 2.158
3) Christian Vietoris – HWA Mercedes – a 9.749
4) Mike Rockenfeller – Phoenix Audi – a 20.524
5) Martin Tomczyk – RMG BMW – a 27.104
6) Adrien Tambay – Abt Audi – a 27.523
7) Marco Wittmann – MTEK BMW – a 29.540
8) Miguel Molina – Phoenix Audi – a 33.037
9) Jamie Green – Abt Audi – a 39.972
10) Pascal Wehrlein – Mucke Mercedes – a 40.486
11) Filipe Albuquerque – Rosberg Audi – a 40.908
12) Edoardo Mortara – Rosberg Audi – a 42.629
13) Mattias Ekstrom – Abt Audi – a 46.303
14) Bruno Spengler – Schnitzer BMW – a 51.991
15) Dirk Werner – Schnitzer BMW – a 57.649
16) Andy Priaulx – RMG BMW – a 1m21.517
17) Gary Paffett – HWA Mercedes – a 1 volta
18) Timo Glock – MTEK BMW – a 1 volta
19) Roberto Merhi – HWA Mercedes – a 1 volta

Não completaram:
Daniel Juncadella – Mucke Mercedes
Timo Scheider – Abt Audi
Joey Hand – RBM BMW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *