Endurance: Scuderia Tekprom em busca da terceira vitória em Londrina

Os pilotos Lucas Molo e Nelsinho estão confiantes no potencial e desempenho da Ferrari 550 para vencer a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance que acontece domingo, dia 10 de setembro, no Autódromo de Londrina. A outra dupla de pilotos da Scuderia, Uberto Molo e Cláudio Capparelli, também esperam ganhar na categoria IV, garantindo a vitória antecipada do campeonato.



No domingo, dia 10 de setembro, Londrina vai receber as máquinas e pilotos do Campeonato Brasileiro de Endurance. Dentre os carros, um que promete chamar a atenção é a Ferrari 550, da Scuderia Tekprom. Sob o comando dos pilotos Lucas Molo e Nelsinho, o carro foi o campeão dos 500 km de Interlagos no mês passado. Agora eles buscam mais uma vitória, dessa vez na cidade paranaense.


 


“Vencemos os 500 km de Interlagos e estamos apenas um ponto atrás do líder geral do campeonato. Por isso vamos com tudo pra cima dos adversários nessa terceira etapa, viemos para vencer”, afirma Lucas Molo. O piloto, junto com Nelsinho, está na liderança da categoria 1B do Campeonato. Bicampeões da Categoria, eles buscam agora liderar também na colocação geral e ainda conquistar o capacete de ouro em 2006.


 


A dupla Uberto Molo e Cláudio Capparelli, pilotando o Alfa Romeu 156 Super, também está fazendo bonito. Duas vezes vice-campeã da categoria IV, em 2004 e 2005, está na liderança esse ano. “Se vencermos em Londrina, garantimos uma vitória antecipada do campeonato. Por isso estamos motivados e indo com tudo para essa corrida. Vamos correr pra ganhar no domingo”, fala Uberto.


 


2006 tem sido um ano importante para a Scuderia Tekprom.  Lucas Molo fez sua estréia em corridas internacionais, participando da etapa Brasileira do WTCC – Campeonato Mundial de Turismo, e tanto a Ferrari 550 quanto o Alfa 156 estão tendo um ótimo desempenho no Campeonato Brasileiro de Endurance. E a Scuderia já faz planos para 2007. Irão correr as Mil Milhas; pretendem correr não só a etapa Brasil da WTCC, mas também as do México e República Tcheca; irão homologar a Ferrari para participarem de provas longas em outros países e estão avaliando a possibilidade de começarem a competir também na Stock Car Light.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *