Especial Equipes 2015: Sauber

Disputa judicial, com o piloto holandês Giedo van der Garde, complica preparação da equipe suíça para o começo da temporada.

Após confirmar o brasileiro Felipe Nasr e o sueco Marcus Ericsson como pilotos para a temporada, a Sauber se viu obrigada a entregar, por ordem judicial, um dos seus cockpits para van der Garde.

Piloto reserva da equipe em 2014, o holandês alega ter um contrato válido para ser titular da equipe em 2015, e tem a seu favor um parecer da justiça suíça. E no dia 11 de março, a justiça australiana confirmou a validade do contrato, confirmando o holandês como um dos pilotos da Sauber para a abertura da temporada na Austrália.

A equipe apelou da sentença, com o desfecho do caso, ficando ao que parece, para ser resolvido na próxima sexta-feira. Quando os treinos livres começarem em Melbourne.

Nasr e Ericsson trouxeram polpudos patrocínios para a equipe. Que precisa do dinheiro, para tentar voltar ao bloco intermediário da F-1, após não marcar nenhum ponto em 2014.

A pintura do C34, equipado com motor Ferrari, trás as cores do Banco do Brasil, principal patrocinador de Nasr. O imbróglio com van der Garde ameaça a estreia do brasileiro na F-1.

Nos testes da pré-temporada, o carro se mostrou muito superior ao do ano passado. Nasr e Ericsson fizeram bons tempos , dando esperanças de um boa temporada para a equipe de Peter Sauber.

A Sauber estreou na F-1 no GP da África do Sul de 1993. Entre 2005 e 2009, com a parceira com a BMW, foi chamada de BMW Sauber. Com a saída da montadora alemã, Peter Sauber retomou o controle da equipe em 2010.

Pilotos em 2015

#9 Marcus Ericsson

Nascido em 02 de setembro de 1990, em Kumla, na Suécia

Estreia GP Austrália 2014 pela Caterham

16 GPs
0 vitórias
0 pole-positions
0 Melhores voltas
0 pódios
0 pontos marcados   

#12 Felipe Nasr

Nascido em 21 de agosto de 1992, em Brasília, no Brasil

Estreante na temporada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *