F-3 Japonesa: Prejudicado por adversário, Streit é vice-campeão da temporada 2007

Em Motegi, brasileiro foi forçado a sair da pista logo no início da disputa.

Terminou a temporada 2007 da Fórmula 3 Japonesa. Em Motegi, no Japão, foi disputada, na madrugada deste domingo (21) – horário de Brasília –, a 20ª etapa do campeonato.


Líder da tabela de classificação antes da largada, o piloto Roberto Streit (Perkons), da equipe Inging, sabia que a tarefa de conquistar o título não seria fácil. Largando em quarto, tinha que chegar à frente do pole position Kazuya Oshima, da TDP Toms, para se tornar campeão sem depender de outros resultados. Entretanto, o brasileiro, que não esperava interferências externas em seu desempenho, foi prejudicado no início da prova.


Logo após a largada, Streit ultrapassou Hiroaki Ishiura, da TDP Toms, e assumiu a terceira colocação. Pouco depois, o japonês, companheiro de equipe de Oshima, tocou a roda traseira do brasileiro com o bico de seu carro, o forçando a rodar e lhe tirando as chances de título.


“Fiz uma boa largada. Já havia ganhado a terceira colocação, mas, na segunda curva da primeira volta, o Ishiura veio por dentro e tocou o bico de seu carro na minha roda traseira. Rodei, saí da pista e voltei em último, dez segundos atrás do penúltimo. A partir daí, fiz a corrida por fazer, não pelo campeonato”, afirmou Streit, que completou a disputa na quinta posição.


Com o resultado, o brasileiro ficou com o vice-campeonato. Oshima, que venceu a prova deste domingo, foi o campeão. Mesmo sem concretizar o sonho do título, Streit está satisfeito com o seu desempenho na temporada 2007.


“Foi um ano muito positivo, pois ninguém esperava que brigássemos pelo campeonato até a última etapa com o motor velho. No final, tivemos o maior número de vitórias. Com pontuação cheia, sem os descartes, ainda ficamos na frente na classificação”, comentou o piloto.


Com o fim do campeonato, o objetivo de Streit passa a ser o 54º Grande Prêmio de Macau, uma espécie de final mundial da Fórmula 3. A tradicional corrida, vencida por Ayrton Senna (1983), Michael Schumacher (1990), entre outros grandes nomes da história do automobilismo, será disputada nos dias 17 e 18 de novembro.


“Hoje embarco para a Itália, onde vou começar a testar pensando em Macau. Este ano, tenho muitas chances de ganhar. Não sou o favorito, mas estou entre eles. Temos potencial para chegar lá e andar na frente”, finalizou Roberto.


Confira os dez melhores da 20ª etapa da F-3 Japonesa:
1º – Kazuya Oshima – TDP Toms – 20 voltas, em 35min53s867
2º – Yuhi Sekiguchi – NWM – a 9s586
3º – Hiroaki Ishiura – TDP Toms – a 10s301
4º – Hironobu Yasuda – Three Bond – a 17s715
5º – Roberto Streit – Inging – a 31s785
6º – Takuya Izawa – Honda Real – a 38s515
7º – Yuki Nakayama – Toda Racing – a 41s923
8º – Koodai Tsukakoshi – Honda Real – a 42s331
9º – Motoaki Ishikawa – Mainte Shion – a 1min41s478
10º – Kooki Saga – Le Beausset – abandonou


Classificação final do campeonato (com os descartes): 1. Kazuya Oshima, 262; 2. Roberto Streit, 252 pontos; 3. Olivier Jarvis, 238; 4. Hiroaki Ishiura, 201; 5. Koodai Tsukakoshi, 182; 6. Takuya Izawa, 120; 7. Yuhi Sekiguchi, 101; 8. Hironobu Yasuda, 76; 9. Yuki Nakayama, 35; 10. Marko Asmer, 31.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *