F-Abarth: Suíço vence a segunda prova em Misano. Victor Guerin é destaque na TV italiana

Brasileiro saiu da 25ª posição, completou a primeira volta em 13ª e a prova em sexto lugar para marcar os primeiros pontos no campeonato.

Na manhã deste domingo (25) em Misano, na Itália, foi disputada a segunda corrida da recente história da Fórmula Abarth – categoria criada neste ano em substituição à Fórmula Azurra. Diferente dos dois primeiros dias de evento no leste da Itália, o domingo amanheceu com sol e pista seca, obrigando todas as equipes a adaptarem o acerto depois de uma sexta-feira e um sábado andando somente com pista molhada por causa da chuva.

O grande destaque do domingo foi o brasileiro Victor Guerin, protagonista de uma série de ultrapassagens espetaculares. Partindo da 25ª colocação no grid por causa de uma escapada de pista no treino classificatório, Guerin largou decidido a fazer uma prova agressiva. Já na primeira volta ganhou 12 posições e seguiu escalando o pelotão durante toda a prova, recebendo elogios na transmissão na TV italiana. Terminou a corrida em sexto lugar e marcou seus primeiros pontos no campeonato.

“Foi a melhor corrida da minha vida. Nosso carro (da equipe JD Motorsports) não era o mais rápido hoje. Apesar de eu ter o melhor tempo no primeiro trecho da pista, nos outros dois, de alta velocidade, tanto eu quanto o (Raffaele) Marciello perdíamos muito em relação aos outros carros. Tanto que nossa melhor volta foi cerca de um segundo mais lenta que a melhor da corrida”, comentou o brasileiro. “Depois de andar na chuva na sexta-feira e no sábado, hoje acordamos com sol e tivemos que mudar rapidamente o acerto para pista seca, e não ficou o ideal”, destacou Guerin.

Para esta corrida do domingo, o regulamento da categoria usa para formar o grid, o mesmo resultado da tomada de tempos realizada na manhã de sábado, mas com os oito primeiros colocados em posição invertida. Por isso, desta vez, a vitória ficou com o suíço Zoel Amberg da equipe Jenzer; seguido por Jordi Cunill (Prema) e Raffaele Marciello (JD Motorsports).

“Guiei o tempo todo no limite. Fiz o que era possível fazer com a condição que tinha hoje no carro, mas acho que se tivesse um acerto melhor, poderia ter brigado pelo pódio. Foi uma das melhores corridas da minha vida”, avaliou Guerin, que volta a pilotar pela Fórmula Abarth no dia 06 de junho, quando a categoria realiza a segunda rodada do campeonato em Magione. Confira como terminou a segunda corrida em Misano

1- Zoel Amberg – Jenzer – 14 voltas em 25m51s750
2- Jordi Cunill – Prema – a 0s480
3- Raffaele Marciello – JD – a 1s361
4- Edoardo Bacci – TP – a 1s896
5- Maxim Zimin – Jenzer – a 6s506.
6- Victor Guerin – JD – a 7s092

7- Patric Niederhauser – Jenzer – a 9s951
8- Eddie Cheever – Jenzer – a 10s740
9- Riccardo Vera – Facondini – a 15s915
10- Mans Grenhagen – Jenzer – a 16s352
11- Kevin Gilardoni – Cram – a 18s922.
12- Brandon Maisano – BVM/Target – a 19s257
13- Mirko Torsellini – MG – a 20s525
14- Lorenzo Camplese – MG – a 20s831
15- Stefano Colombo – RP – a 26s286
16- Gille Pagani – Alan – a 27s443.

17- Riccardo Agostini – Prema – a 34s826
18- Niccolò Schirò – Emmebi – a 36s227
19- Simone Taloni – Winner – a 41s890
20- Luca Defendi – Uboldi – a 48s987
21- Marco Moscato – Line Race – a 52s195.
22- Matteo Torta – Alan – a 53s184
23- Matteo Beretta – TP – a 53s627
24- Antonio Spavone – ARM – a 54s808
25- Mirko Merillo – ARM – a 1 volta
26- Matteo Davenia – Cram – a 2 voltas
27- Zeca Feffer – Diegi – a 2 voltas
28- Cristiano Marcellan – Europa Corse – a 3 voltas
29- Mario Marasca – PKF – a 3 voltas

Não completaram:
Francisco Weiler – Victoria
Qiang Zhang – Prema
Simone Iaquinta – Emmebi
Roman De Beer – Victoria.
Michael Heche – BVM/Target
Vicky Piria – Tomcat

Melhor volta: Maxim Zimin 1m35s851 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *