F-BMW: Henrique Martins acredita em classificação para a final do BMW Scholarship

Piloto brasileiro encerrou a primeira fase da seletiva promovida pela montadora alemã como um dos destaques do terceiro e último grupo de pilotos que participaram da fase eliminatória da seletiva, em Valência, na Espanha.

A classificação para a fase final do BMW Scholarship parece ter ficado mais próxima do piloto brasileiro Henrique Martins (Grupo Agrenco/Terlogs/Cargonave) após o segundo e último dia de testes que compuseram a terceira fase eliminatória da seletiva promovida pela montadora alemã com jovens pilotos vindos do kart. Depois de ter sido elogiado pelos instrutores no primeiro dia de atividades no Autódromo de Valência, na Espanha, Henrique comemorou, nas sessões finais, o pequeno número de comentários dirigidos a ele pelos quatro avaliadores convocados pela BMW para a edição de 2007 do Scholarship – o que significa que sua pilotagem foi considerada bastante próxima da ideal.

“No segundo dia tivemos três aulas teóricas e duas práticas, sendo que na primeira delas fomos para a pista para um treino livre. Pilotamos como achávamos que deveríamos, e em seguida recebemos as correções devidas. Como no meu caso ouvi somente duas pequenas observações, acredito que eu tenha agradado aos instrutores”, declarou Henrique, de apenas 14 anos de idade. “Na sessão seguinte, segui os conselhos que recebi e, de fato, consegui melhorar”, acrescentou o brasileiro, lembrando que as avaliações são sempre subjetivas e, em nenhum momento, os participantes são informados sobre sua situação na disputa.

Satisfeito com sua primeira participação no BMW Scholarship – que dará aos quatro pilotos mais bem colocados na fase final um prêmio equivalente a R$ 150 mil e um contrato de um ano com a montadora alemã –, Henrique terminou a primeira parte da seletiva como o mais rápido entre os 16 participantes de seu grupo. Ele ressaltou, no entanto, o fato de que os olhares dos instrutores estavam direcionados para a avaliação da técnica de pilotagem, e não somente para o desempenho verificado no cronômetro.

“Os tempos foram o de menos, embora uma pilotagem bem feita, naturalmente, permita ao piloto ser competitivo. O importante foi acertar o traçado, os pontos de freada e de aceleração. Todos os pilotos procuraram mostrar o que sabiam, e agora só nos resta esperar pelo resultado”, lembrou o brasileiro, que é Campeão Paulista Light de Kart e vem sendo um dos destaques da temporada de 2007 da categoria Shifter.

Após encerrar sua participação no BMW Scholarship, Henrique Martins retornou ao Brasil e aguarda, para os próximos dias, o comunicado da montadora alemã sobre sua classificação para a fase final, que será realizada no mês de outubro novamente em Valência. Apesar da proposta oficial do evento ser a de oferecer aprendizado a jovens vindos do kart, o Scholarship tem como objetivo prático revelar talentos que possam ser apoiados pela BMW em categorias superiores, e por isso tem sido muito valorizado pelos pilotos que planejam deixar o kart.

“O sonho de qualquer piloto é estar ligado a uma das montadoras que estão presentes na Fórmula 1, e esta é a oportunidade que o BMW Scholarship nos dá. Fui para esta fase de classificação bem preparado e fiz o melhor que pude. Estou confiante em ser convocado para a final, mas confesso que não vejo a hora de receber o comunicado. Esperar dá um certo frio na barriga”, brincou o brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *