F-E: Lucas di Grassi vence em Long Beach

O brasileiro Lucas di Grassi (ABT Schaeffler Audi FE01) venceu neste sábado (02/04), o e-Prix de Long Beach, nos EUA, sexta etapa da temporada. O francês Stephane Sarrazin (Venturi VM200-FE-01) e o alemão Daniel Abt (ABT Schaeffler Audi FE01) completaram o pódio.

Depois da decepção de ser desclassificado e perder a vitória da etapa do México, Di Grassi fez uma grande prova em Long Beach.

Com a punição ao português Antonio Felix da Costa (Gulf Team Aguri SRT01-e), que havia marcado a pole (mas foi punido devido a uma irregularidade na pressão dos pneus, e caiu para a última posição), o britânico Sam Bird (DS Virgin DSV-01) herdou a pole.

Bird liderou as primeiras voltas, até ser superado por Di Grassi, que fez uma grande ultrapassagem na curva cinco. O brasileiro manteve a ponta depois da parada nos boxes, para a troca de carro.
 
Pouco depois da parada nos boxes, Bird teve os freios travados na curva cinco e passou reto. O piloto acertou de leve a barreira de pneus, retornando a pista, mas perdendo quatro posições. Nas voltas finais, Di Grassi abriu uma confortável vantagem sobre Sarrazin.

Na volta 32, o atual campeão, o brasileiro Nelsinho Piquet (NEXTEV TCR FE 001) acertou a zebra na primeira chicane, e foi direto no muro. O Saferty-Car foi acionado, eliminando a vantagem que Di Grassi tinha sobre Sarrazin.

Na relargada, o brasileiro manteve a ponta, para vencer pela segunda vez no ano. Sarrazin e Abt completaram o pódio.

O alemão Nick Heidfeld  (Mahindra M2ELECTRO) terminou em quarto, seguido pelo parceiro de equipe, o brasileiro Bruno Senna. Bird foi o sexto.

O belga Jerome d’Ambrosio (Dragon Venturi VM-200-F1-01) terminou em sétimo, com seu parceiro de equipe, o francês Loic Duval em oitavo.

A suíça Simona de Silvestro  (Andretti SRT01-e) se tornou a primeira mulher a pontuar na categoria, com o nono lugar. O britânico Mike Conway  (Venturi VM200-F1-01) fechou a zona de pontos.

O suíço Sebastien Buemi (Renault e.Dams ZE.15), que começou a prova na liderança do campeonato, fez uma prova desastrosa. Logo no começo da prova, o suíço bateu na traseira do holandês Robin Frijns  (Andretti SRT01-e), danificando os dois carros. Buemi teve que entrar mais cedo nos boxes, para trocar de carro. o piloto ainda recebeu um drive-through. O suíço ainda salvou dois pontos, ao marca a volta mais rápida.

Di Grassi lidera o campeonato com 101 pontos, um a mais do que Buemi. Bird é o terceiro com 71.

A próxima etapa acontece em Paris, na França, no dia 23 de abril.

Final:

1. Lucas di Grassi    BRZ ABT Schaeffler Audi FE01 41 voltas
2. Stephane Sarrazin    FRA Venturi VM200-FE-01 +0.787s
3. Daniel Abt    GER ABT Schaeffler Audi FE01 +1.685s
4. Nick Heidfeld    GER Mahindra M2ELECTRO +2.343s
5. Bruno Senna    BRZ Mahindra M2ELECTRO +4.968s
6. Sam Bird    GBR DS Virgin DSV-01 +5.229s
7. Jerome d’Ambrosio    BEL Dragon Venturi VM-200-F1-01 +6.735s
8. Loic Duval    FRA Dragon Venturi VM-200-F1-01 +8.057s
9. Simona de Silvestro    SUI Andretti SRT01-e +10.505s
10. Mike Conway    GBR Venturi VM200-F1-01 +10.900s
11. Nicolas Prost    FRA Renault e.Dams ZE.15 +11.205s
12. Oliver Turvey    GBR NEXTEV TCR FE 001 +17.417s
13. Jean-Eric Vergne    FRA DS Virgin DSV-01 +1 volta
14. Salvador Duran MEX Gulf Team Aguri SRT01-e +1
15. Robin Frijns    NED Andretti SRT01-e +1

Abandonos:

16. Sebastien Buemi    SUI Renault e.Dams ZE.15 38 voltas
17. Antonio Felix da Costa POR Gulf Team Aguri SRT01-e 33
18. Nelson Piquet Jr    BRZ NEXTEV TCR FE 001 32

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *