F-Nippon: Brasileiro João Paulo sobe ao pódio em terceiro

Matsuda é campeão em final dramática. Tony Kanaan pontua na estréia e João Paulo termina temporada em oitavo.

O brasileiro João Paulo de Oliveira conseguiu um impressionante desempenho neste domingo no encerramento do Campeonato Japonês de Fórmula Nippon, e depois de largar da 17ª posição subiu ao pódio ao terminar a nona etapa em Suzuka no terceiro posto. “Terminar em terceiro lugar eu realmente não esperava. O carro não melhorou em relação à ontem, apenas os outros perdem mais rendimento na corrida. Foi um resultado fantástico pra mim e pra equipe, pois na primeira etapa fui desclassificado quando tinha subido ao pódio em segundo”, comemorou. Com a oitava colocação no principal certame de monopostos do Oriente, ele fez história na pequena Kondo Racing. “Estou bastante satisfeito em terminar a temporada de uma forma positiva”.

Estreando na categoria, o brasileiro Tony Kanaan teve uma performance elogiável e pontuou ao receber a bandeirada em sexto. “Queria dar os parabéns ao Tony por terminar em sexto. Ele fez uma grande corrida”, cumprimentou JP. Fábio Carbone abandonou faltando sete voltas e terminou o campeonato na 15ª colocação.

A final do campeonato foi dramática e decidida somente após a bandeirada. Com a quarta colocação na prova vencida por Satoshi Motoyama (Impul), o japonês Tsugio Matsuda (Impul) que começou a corrida em terceiro no campeonato conquistou o título com 46 pontos, apenas um de vantagem sobre o francês Benoit Treluyer (Impul), que abandonou a corrida. O japonês Takashi Kogure (Nakajima) foi o primeiro a receber a bandeirada, mas foi desclassificado, terminando o torneio em terceiro com 41 pontos.

A corrida de João Paulo também foi dinâmica. Afinal, largando da nona fila para subir ao pódio em terceiro ele teve que suar o macacão nos 300 km de prova. “Antes de fazer meu pit stop eu estava perdendo um pouco de tempo atrás do (Tsugio) Matsuda e pedi pra parar mais cedo. A estratégia funcionou porque pude fazer umas voltas boas com pneus novos e ai ultrapassei o campeão”, contou o brasileiro.

João Paulo de Oliveira conseguiu o seu intento de encerrar sua primeira temporada na Fórmula Nippon entre os oito melhores do campeonato. Em nove provas ele terminou uma etapa em terceiro, uma em quarto, uma em sexto, uma em sétimo e duas em oitavo. “Atingi meu objetivo que era alcançar o oitavo posto na classificação final. Então, fiquei satisfeito”.

O resultado da última etapa da Fórmula Nippon foi:

1. Satoshi Motoyama (JAP/Impul), 51 voltas em 1h30min44s272;
2. Andre Lotterer (ALE/Tom’s), 1h30min44s776;
3. João Paulo de Oliveira (BRA/Kondo), 1h31min43s454;
4. Tsugio Matsuda (JAP/Impul), 1h31min43s539;
5. Seiji Ara (JAP/Tom’s), 1h31min47s513;
6. Tony Kanaan (BRA/Kanaan), 1h31min52s044;
7. Tetsuya Kataoka (JAP/LeMans), 1h32min08s383;
8. Tora Takagi (JAP/Le Mans), 1h32min09s166;
16. Fábio Carbone (BRA/Dandelion), a 7 voltas;
17. Benoit Treluyer (FRA/Impul), a 19 voltas.

O Campeonato Japonês de Fórmula Nippon ficou assim depois de nove etapas:

1. Tsugio Matsuda (JAP/Impul) – 46
2. Benoit Treluyer (FRA/Impul) – 45
3. Takashi Kogure (JAP/Nakajima), 41
4. Satoshi Motoyama (JAP/Impul), 38
5. Andre Lotterer (ALE/Tom’s) – 37
6. Loic Duval (FRA/Nakajima) – 31
7. Ronnie Quintarelli (ITA/Inging) – 27
8. João Paulo de Oliveira (BRA/Kondo) – 18
9. Bjorn Wirdheim (SUE/Dandelion) – 17
10. Michael Krumm (ALE/Impul) – 12
11. Yuji Tachikawa (JAP/Cerumo) – 11
12. Seiji Ara (JAP/Tom’s) – 11
13. Yuji Ide (JAP/Arta) – 6
14. Tetsuya Kataoka (JAP/LeMans), 5
15. Fábio Carbone (BRA/Dandelion) – 3
16. Tora Takagi (JAP/Le Mans) – 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *