F-Nippon: João Paulo de Oliveira pronto para encarar rodada dupla no Japão

Competição estréia formato de duas corridas por fim de semana em Suzuka.

Na busca de novas idéias que privilegiem a competitividade e a emoção durante as provas, a Fórmula Nippon estréia neste fim de semana (12 e 13/07) uma nova forma de disputas. A quinta etapa da principal categoria de monopostos do Japão, disputada em Suzuka, será a primeira das três da temporada com o sistema de duas corridas por encontro. “Será uma novidade para todos, e quem se adaptar mais rápido vai levar vantagem”, comenta o brasileiro João Paulo de Oliveira, que faz sua segunda temporada na competição.


 


O novo formato será muito semelhante ao adotado pela GP2, categoria de acesso à Fórmula 1. A primeira corrida do dia será mais longa e os oito primeiros colocados recebem pontos, seguindo a mesma pontuação da Fórmula 1 (10, 8, 6, 5, 4, 3, 2, 1). Para João Paulo de Oliveira, as corridas vão ser bastante diferentes de como eram antes. “Com rodadas duplas as corridas ficarão mais curtas e com um ritmo mais forte. Isso faz com que a classificação seja extremamente importante”, afirma o titular da Kondo Racing.


 


Para a segunda prova o grid é baseado no resultado da corrida inicial, com a inversão dos oito mais bem colocados. O vencedor parte em 8º, o segundo colocado em 7º e assim sucessivamente. Os cinco primeiros pontuam (5, 4, 3, 2, 1). “Apesar de saber da inversão do grid para a segunda corrida, não adotarei nenhuma estratégia diferenciada, do tipo chegar em oitavo para largar na pole para a corrida complementar”, garante JP, como ele é conhecido no Oriente.


 


João Paulo espera aproveitar essas duas corridas para começar a se recuperar na tabela de classificação e transformar em pontos suas boas performances. “Preciso de todos os pontos possíveis e vou fazer o possível para buscar o chão perdido no início da temporada”, conta. O formato de rodadas duplas será utilizado também nas etapas seis e sete, em Motegi e Fuji, respectivamente.


 


A corrida de Suzuka deve trazer um pouco mais de dificuldade aos pilotos, pois deve ser disputada sob um calor bastante forte. A previsão é de máximas de até 30 graus durante todo o fim de semana. “Com o calor, o acerto deve ficar mais difícil, já que a aderência cai bastante no verão. Portanto, precisamos encontrar um bom caminho desde o começo”, completa o brasileiro.


 


Está é a classificação do campeonato após quatro etapas:


 


1º) Tsugio Matsuda (JAP), LAWSON IMPUL, 49 pontos;


2º) André Lotterer (ALE), PETRONAS TOM’S, 34;


3º) Kohei Hirate (JAP), TP Checker IMPUL, 27;


3º) Loic Duval (FRA), PIAA NAKAJIMA, 27;


5º) Yuji Tachikawa (JAP), CERUMO / INGING, 24;


6º) Takuya Izawa (JAP), ARTA, 16;


7º) Benoit Treluyer (FRA), LAWSON IMPUL, 15;


8º) Takashi Kogure (JAP), PIAA NAKAJIMA, 13;


8º) Ronnie Quintarelli (ITA), CERUMO / INGING, 13;


10º) Robert Streit (BRA), STONEMARKET, 10;


10º) Naoki Yokomizo (JAP), KONDO RACING, 10;


12º) Satoshi Motoyama (JAP), Team LeMans, 8;


13º) Hiroaki Ishiura (JAP), Team LeMans, 7;


14º) Toshihiro Kaneishi (JAP), SG 5ZIGEN, 6;


15º) Takeshi Tsuchiya (JAP), DoCoMo DANDELION, 3;


16º) João Paulo Oliveira (BRA), KONDO RACING, 2;


16º) Yuji Ide (JAP), ARTA, 2;


16º) Seiji Ara (JAP), PETRONAS TOM’S, 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *