F-Renault Européia: ‘Tivemos um fim de semana para esquecer’, diz Lapenna

Piloto brasileiro enfrentou uma série de problemas na etapa da Hungria, e não marcou pontos na terceira rodada dupla da temporada.

A boa expectativa do piloto brasileiro Felipe Lapenna (WebMotors) para a terceira rodada dupla da temporada de 2007 da Fórmula Renault Européia, realizada no último fim de semana no circuito de Hungaroring, na Hungria, acabou se revertendo em frustração para o atual campeão e recordista de vitórias da Fórmula Renault Brasil.

Depois de uma boa apresentação na quarta rodada do Campeonato Italiano da categoria – quando se manteve na disputa pelo título da competição –, Lapenna viajou a Budapeste confiante na conquista de um bom resultado no torneio europeu, mas teve problemas com o carro em praticamente todos os treinos e não conseguiu marcar pontos na rodada.

“Tivemos um fim de semana para esquecer”, disse o brasileiro. “Meu carro apresentou os mais diversos problemas ao longo de todos os treinos, e terminei a rodada com um duplo 14º lugar. Só piorávamos ao longo de cada sessão, tivemos muitas quebras e o acerto do carro não respondeu bem ao piso extremamente emborrachado do circuito”, completou.

Na opinião de Lapenna, a queda no desempenho de seu carro durante a terceira rodada dupla do Campeonato Europeu é um problema circunstancial, e não deve se repetir nas próximas provas do ano. O piloto brasileiro volta às pistas já no próximo fim de semana, quando será realizada a quinta rodada dupla da Fórmula Renault Italiana no circuito de Misano, na Itália.

“Estou naturalmente ansioso para a próxima corrida, mas não acredito em mais problemas. Até porque o fim de semana que passou foi totalmente atípico”, ressaltou Lapenna. “Trabalhamos muito, mas o carro não respondeu. Acredito que tenha sido um problema de adaptação à pista da Hungria, que emborrachou demais. Em Misano, creio que não teremos esse tipo de problema e, por isso, espero voltar a andar bem”, acrescentou o brasileiro.

A vitória na primeira prova do fim de semana ficou com o neozelandês Brendon Hartley, que repetiu a boa atuação na corrida de domingo – quando foi o quinto colocado – e ampliou sua vantagem na liderança do campeonato. Na segunda prova da rodada, a vitória foi do monegasco Stefano Coletti, que conquistou seu primeiro bom resultado na temporada e subiu para o nono lugar na tabela. Os resultados completos das duas corridas realizadas na Hungria são:

5ª etapa

1 – Brendon Hartley, 14 voltas em 27min57s306
2 – Jon Lancaster, 6s130
3 – Mihai Marinescu, 7s277
4 – Frank Kechele, 8s251
5 – Oliver Turvey, 10s754
6 – Charles Pic, 11s441
7 – Henki Waldschmidt, 12s237
8 – Fabio Onidi, 13s279
9 – Andrea Caldarelli, 14s526
10 – Mika Maki, 16s502
11 – Oliver Oakes, 17s292
12 – Aleix Alcaraz, 18s366
13 – Pierre Combot, 18s729
14 – Felipe Lapenna, 19s538
15 – Tobias Hegewald, 20s537
16 – Alexandre Marsoin, 21s757
17 – Daniel Zampieri, 23s389
18 – Martin Plowman, 23s743
19 – Fabio Leimer, 25s482
20 – Anton Nebiltskiy, 26s698
21 – Roberto Merhi, 27s467
22 – Joe Ghanem, 34s524
23 – Bianca Steiner, 34s896
24 – Miquel Julià, 35s323
25 – Pablo Montilla, 40s370
26 – Stephane Richelmi, 40s643
27 – Jimmy Auby, 41s080
28 – Nicola Zonzini, 45s278
29 – Pedro Nunes, 49s135

Melhor Volta: Brendon Hartley – 1min45s751


6ª etapa


1 – Stefano Coletti, 15 voltas em 28min22s653
2 – Markus Niemela, 4s761
3 – Nelson Panciatici, 5s874
4 – Jaime Alguersuari, 6s615
5 – Brendon Hartley, 7s068
6 – Frank Kechele, 8s090
7 – Aleix Alcaraz, 9s646
8 – Mihai Marinescu, 11s566
9 – Oliver Turvey, 12s348
10 – Henki Waldschmidt, 13s045
11 – Alexandre Marsoin, 13s254
12 – Fabio Onidi, 14s579
13 – Pierre Combot, 15s104
14 – Felipe Lapenna, 16s293
15 – Roberto Merhi, 17s052
16 – Oliver Oakes, 17s256
17 – Tobias Hegewald, 17s838
18 – Stephane Richelmi, 19s669
19 – Fabio Leimer, 20s496
20 – Martin Plowman, 21s159
21 – Nicola Zonzini, 22s322
22 – Daniel Zampieri, 25s290
23 – Anton Nebiltskiy, 25s885
24 – Tiago Petiz, 26s232
25 – Jon Lancaster, 26s692
26 – Miquel Julià, 32s464
27 – Francesc Moreno, 32s793
28 – Pablo Montilla, 35s083
29 – Pedro Nunes, 35s358
30 – Jules Bianchi, 38s443
31 – Jimmy Auby, 42s682
32 – Bianca Steiner, 49s470
33 – Andrea Caldarelli, a 1 volta

Melhor volta: Jules Bianchi – 1min45s471


Após seis etapas, o campeonato ficou assim:

1) Brendon Hartley, 58 pontos
2) Frank Kechele, 37
3) Charles Pic e Oliver Turvey, 35
5) Henki Waldschmidt, 32
6) Mika Maki, 23
7) Nelson Panciatici e Tristan Vautier, 22
9) Stefano Coletti, 21
10) Markus Niemela, 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *