F-Renault: Marcos Martinez assume a liderança isolada da World Series. Pantano sobe ao pódio no Mégane Trophy Eurocup

O espanhol Marcos Martinez, da Pons, assumiu a liderança isolada da World Series Renault 3.5, após a rodada dupla do final de semana em Silverstone, na Inglaterra. No Mégane Trophy Eurocup o italiano Giorgio Pantano conquistou um terceiro lugar na etapa. Silverstone recebeu também o Europeu de F-Renault.

World Series Renault 3.5

Antes da primeira prova da rodada, Martinez fez uma exibição para o público de 135 mil pessoas que lotou o autódromo inglês, pilotando o Renault F1 R28. O espanhol chegou a Silverstone, com 56 pontos, empatado na liderança do campeonato, com o belga Bertrand Baguette, da Draco.

Com o grid da primeira prova invertido com os oito primeiros da super pole, Baguette e Martinez dividiram a primeira fila da prova. Na largada Martinez superou Baguette, assumindo a liderança. Sem ser incomodado, Martinez liderou a prova de ponta a ponta, mesmo tendo problemas de travamento das rodas nas voltas finais.

Na luta pelo segundo lugar o malaio Fairuz Fauzy, da Fortec, foi para cima de Baguette. O belga freou tarde, passando direto na curva, voltando na sexta posição, atrás do espanhol Jaime Alguersuari, da Carlin, que pouco depois o superou. Martinez venceu pela quarta vez no ano seguido por Fauzy e o inglês Oliver Turvey, da Carlin.

Final, prova 1:
1 – Marcos Martinez – Pons – 28 voltas em 45m49s264
2 – Fairuz Fauzy – Fortec – 1″227
3 – Oliver Turvey – Carlin – 3″218
4 – James Walker – P1 – 5″105
5 – Brendon Hartley – Tech 1 – 6″111
Volta mais rápida: Jon Lancaster 1’35″585

O francês Charles Pic, da Tech 1, marcou a pole-position na super-pole, vencendo a segunda prova da rodada dupla de ponta a ponta. Foi a sua primeira vitória no ano. Os ingleses James Walker, da P1, e Turvey, completaram o pódio.

Baguette terminou em 5º, seguido por Martinez. O neozelandês Brandon Hartley, da Tech 1, era segundo colocado quando levou um drive-trough, por excesso de velocidade nos pits.

Martinez lidera o campeonato com 73 pontos. Walker assumiu a vice-liderança, somando 67, dois a mais do que Baguette.

A próxima rodada dupla acontece no dia 19 de julho, em Le Mans, na França.

Final, prova 2:
1 – Charles Pic – Tech 1 – 28 voltas 45m45s997
2 – James Walker – P1 – 4″273
3 – Oliver Turvey – Carlin – 4″559
4 – Fairuz Fauzy – Fortec – 5″383
5 – Bertrand Baguette – Draco – 21″606
Volta mais rápida: Charles Pic 1’36″018

Campeonato:

1.Martinez 73; 2.Walker 67; 3.Baguette 65; 4.Turvey 52; 5.Pic 44; 6.Fauzy 41; 7.Molina 38; 8.Alguersuari 30; 9.Van der Drift 29; 10.Barba 28.

Mégane Trophy Eurocup:

O francês Dimitri Enjalbert, da Boutsen Energy Racing, venceu as duas provas da quarta rodada dupla em Silverstone. Enjalbert venceu as quatro últimas provas, após somar apenas um ponto nas duas primeiras etapas do ano.

Com dois segundos lugares, o holandês Mike Verschuur, da McGregor by Equipe Verschuur, assumiu a liderança do campeonato, com 87 pontos, seis AM ais do que o antigo líder, o suíço Jonathan Hirschi, da TDS Racing.

Atual campeão da GP2, o italiano Giorgio Pantano, da Oregon, conquistou o seu primeiro pódio na categoria, com o terceiro lugar na segunda prova.

A próxima rodada dupla acontece no dia 19 de julho, em Le Mans, na França.

Final, prova 1:
1 – Dimitri Enjalbert – Boutsen – 22 voltas em 43m17s168
2 – Mike Verschuur – Verschuur – 9″791
3 – Fabrice Walfisch – Lompech – 11”486
4 – Jonathan Hirschi – TDS – 15”763
5 – Giorgio Pantano – Oregon – 16”775
Volta mais rápida: Jonathan Hirschi 1’54″981

Final, prova 2:
1 – Dimitri Enjalbert – Boutsen – 22 voltas em 43m25s089
2 – Mike Verschuur – Verschuur – 3″436
3 – Giorgio Pantano – Oregon – 7”605
4 – Fabrice Walfisch – Lompech – 8”795
5 – Nick Catsburg – Tech 1 – 18”019
Volta mais rápida: Dimitri Enjalbert 1’55”486

Campeonato:

1. Verschuur 87; 2. J. Hirschi 81; 3. Enjalbert 62; 4. Walfisch 42; 5. Ten Brinke 39; 6. Thiriet & Cheruy 36; 8. Pantano 24; 9. Catsburg & Madonia 27

F-Renault Européia:

Lider do campeonato, o português Antonio Félix Da Costa, da Motopark, conquistou a sua primeira vitória na categoria, ao vencer de ponta a ponta a primeira prova da rodada dupla, após largar da terceira posição. O espanhol Albert Costa, da Epsilon Euskadi, terminou em segundo, seguido pelo pole-position, o francês Jean Eric Vergne, da SG.

Final, prova 1:
1 – Antonio Felix Da Costa – Motopark – 15 voltas em 27m15s004
2 – Albert Costa – Epsilon Euskadi – 0″936
3 – Jean Eric Vergne – SG – 7″972
4 – Miki Monras – SG – 11″761
5 – Carlos Munoz – Epsilon Euskadi – 13″889
Volta mais rápida: Antonio Felix Da Costa 1’47″660

Assim como na primeira prova, Vergne largou na pole na prova de encerramento da rodada. O francês liderou todas as 15 voltas da prova, vencendo pela segunda vez na temporada. O checo Adam Kout, da Krenek, e o inglês Adrian Quaife Hobbs, da Motopark, completaram o pódio.

Os lideres do campeonato, Da Costa e Costa, se envolveram em um acidente na 8ª volta, com ambos abandonando. O português soma 75 pontos, quatro a mais do que o rival espanhol.

A próxima rodada dupla acontece no dia 19 de julho, em Le Mans, na França.

Final, prova 2:
1 – Jean Eric Vergne – SG – 15 voltas em 27m19s067
2 – Adam Kout – Krenek – 2″516
3 – Adrian Quaife Hobbs – Motopark – 3″097
4 – Arthur Pic – SG – 3″571
5 – Matias Laine – Motopark – 4″623
Volta mais rápida: Albert Costa 1’48″216

Campeonato:

1.Da Costa 75; 2.Costa 71; 3.Vergne 59; 4.Monras 55; 5.Quaife-Hobbs 53.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *