F-Renault: Romancini vence, Lapenna é campeão antecipado

Piloto paulista conquista com autoridade sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Felipe Lapenna não marca pontos, mas conquista o título de campeão da temporada com duas rodadas de antecipação.

 


Diante de um público de aproximadamente 70 mil pessoas, que já lotava as arquibancadas do Autódromo de Interlagos para o último Grande Prêmio de Fórmula 1 da temporada, o piloto paulista Mario Romancini (Full Time Sports) conquistou com autoridade sua primeira vitória na Fórmula Renault Brasil, principal categoria de base do automobilismo nacional.  


Estreante na modalidade vindo de uma carreira de sucesso no kart – em que se destacou nos campeonatos Brasileiro, Panamericano e Mundial – Romancini ganhou, de ponta a ponta, a principal corrida do ano e alcançou correndo em casa o resultado que perseguia desde a primeira rodada dupla da temporada – quando foi o segundo colocado na pista de Curitiba. 


“Estou vivendo um momento incrível. Foi ótimo, deu tudo certo neste fim de semana”, destacou Romancini. “Esta corrida sempre teve um grande valor para mim justamente por fazer parte do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, e desde o início do ano, após os treinos coletivos que fizemos em Interlagos, eu sonhava com essa vitória”, completou o piloto.  


Repetindo os feitos de Allam Khodair e Alexandre Foizer (campeões da Fórmula Renault Brasil em 2003 e 2004), Romancini também partiu da pole position para a vitória na preliminar do GP Brasil de Fórmula 1.  


A vitória do piloto paulista começou a ser construída ainda na sexta-feira, com a segunda posição conquistada no treino livre. Ele ficou a apenas 0s027 da marca de Felipe Lapenna, o mais rápido. Na sessão seguinte, Romancini deu o troco e garantiu a pole position com uma vantagem ainda menor sobre seu companheiro na equipe Full Time Sports: 0s019. 


“Nosso carro se comportou bem desde o primeiro treino e quero agradecer muito à minha equipe por isso. Só no final da corrida é que tive um pouco de dificuldade para me manter competitivo, mas felizmente deu tudo certo. Esta corrida tem um número menor de treinos em relação às demais etapas da temporada por causa da programação da Fórmula 1, e era muito importante que meu carro não apresentasse nenhum problema sério ao longo do fim de semana. E foi isso o que aconteceu”, acrescentou.  


A 11ª etapa da Fórmula Renault Brasil começou com Mario Romancini, Felipe Lapenna e Douglas Soares nas primeiras posições. Após o enrosco do segundo e do terceiro colocados, a disputa pela ponta passou a ser entre Romancini e Galid Osman, que tinha um carro mais rápido no fim da prova.  


“Quando o Lapenna e o Douglas se tocaram, achei que teria um fim de corrida mais tranqüilo, mas o final da prova foi muito difícil. O Galid rapidamente se aproximou de mim e estava mais rápido. Ele tentou me ultrapassar, mas fechei a porta e, daí em diante, consegui me manter na frente”, narrou o vencedor. 


Com a vitória e a pole position conquistadas neste fim de semana de festa em Interlagos, Mario Romancini chegou a 95 pontos no campeonato e reassumiu o quinto lugar na tabela. Mesmo sem marcar pontos nessa etapa, o líder Lapenna garantiu o título com duas rodadas de antecipação. Isso porque seu principal rival na disputa, Douglas Soares, também não pontuou em Interlagos, e não poderá mais descontar a diferença de 90 pontos que o separa da primeira colocação – apenas 64 estão em jogo nas duas provas finais. 


O resultado completo da 11ª etapa da Fórmula Renault Brasil é o seguinte: 


1º) Mario Romancini (SP), 19 voltas em 30:51.343 (média de 159.20 km/h)
2º) Galid Osman Duda (PR), a 0.506
3º) Ernesto Otero (RJ), a 8.798
4º) Sérgio Alves (RJ), a 10.961
5º) Willian Starostik (PR), a 21.122
6º) Claudio Cantelli (SP), a 21.979
7º) Vinicius Quadros (RS), a 22.695
8º) Felipe Ferreira (SP), a 24.354
9º) Marcos Santos (SC), a 27.719
10º) Rodrigo Barbosa (SP), a 38.379
11º) Leonardo de Souza (SC), a 40.829
12º) Michel Noris (SP), a 41.462
13º) Fernando Galera (SP), a 1 volta
14º) Felipe Lapenna (SP), a 2 voltas
15º) Cairo Campos (GO), a 2 voltas
16º) Douglas Soares (SP), a 9 voltas
17º) Rick Rosin (SC), a 9 voltas
18º) Anderson Moraes (SP), a 9 voltas
19º) Caio Costa (SP), a 14 voltas
20º) Rodolpho Santos (GO), a 18 voltas


Após 11 etapas, os 10 primeiros no campeonato são: 


1) Felipe Lapenna, 252 pontos


2) Douglas Soares, 162


3) Vinicius Quadros, 159


4) Eduardo Santos, 105


5) Mario Romancini, 95


6) Galid Osman Duda, 93


7) Claudio Cantelli, 85


8) Sergio Alves, 83


9) Willian Starostik, 70


10) Cairo Campos, 58

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *