F-São Paulo: Allisson Silva vence última etapa e confirma o vice-campeonato

Piloto da equipe Dragão Motorsport assumiu a primeira posição logo na primeira volta e liderou a prova de ponta a ponta. Victor Corrêa, campeão antecipado da temporada, terminou em segundo.

O catarinense Allisson Silva conquistou neste domingo, em Interlagos, sua segunda vitória na temporada de 2007 da Fórmula São Paulo. O piloto da equipe Dragão Motorsport largou na terceira posição e assumiu a ponta ainda na primeira volta, superando o pole position Amorin Jr. e seu companheiro na primeira fila, o carioca Henrique Lambert.

A segunda posição na etapa deste domingo ficou com o mineiro Victor Corrêa, que no dia anterior havia conquistado o título de campeão da categoria por antecipação ao fechar a nona prova do ano na quarta colocação. Caio Lara, companheiro de Victor na Alpie Competições, terminou a disputa em terceiro.

Se tivesse sido conquistada ontem, a segunda vitória de Allisson Silva na Fórmula São Paulo teria adiado a decisão da temporada de 2007 para a corrida deste domingo. O resultado de hoje, no entanto, foi mais que suficiente para que o piloto catarinense garantisse o vice-campeonato da competição, com boa vantagem sobre Lara, que fechou o ano em terceiro.

“O Amorin e o Lambert tinham carros rápidos, e por isso precisei ser agressivo desde a primeira volta para brigar diretamente pela vitória”, lembrou o vencedor. “Acabei tendo uma prova um pouco mais tranqüila do que imaginava em virtude do acidente que aconteceu entre os dois, e acho que teríamos uma bela disputa pela liderança se tivéssemos continuado todos na pista”, acrescentou Allisson.

Na quinta passagem, Lambert ultrapassou Amorin pelo lado de fora na segunda perna do Esse do Senna, e foi tocado pelo adversário. Na batida, os dois abandonaram, o que tirou do carioca a chance de disputar a terceira posição na classificação geral.

Com duas vitórias, três segundos lugares e um terceiro conquistados ao longo do ano, Allisson Silva chegou a 103 pontos na classificação geral do campeonato, e fechou a temporada apenas 14 pontos atrás do mineiro Victor Corrêa, que somou 117 após quatro vitórias, um terceiro e um segundo lugares.

“Corri bastante tranqüilo hoje, já que não precisava buscar nenhum resultado, mas mesmo assim fiz o que pude para vencer. A corrida começou difícil para mim, mas no final consegui me aproximar um pouco do Allisson. Pena que não havia mais tempo para buscar a ultrapassagem”, declarou o campeão, que cruzou a linha de chegada a apenas 2s255 do vencedor.

Campeão da regularidade, Caio Lara garantiu o terceiro posto e o título simbólico de “melhor estreante” do ano subindo ao pódio em todas as dez provas do ano. Vencedor da terceira corrida da temporada, ele já havia somado um segundo lugar na prova de abertura da competição, e chegou outras quatro vezes em terceiro, além de conquistar outros quatro resultados entre os Top 6.

“Tive um ano de estréia ótimo na categoria e estou muito feliz com este resultado”, declarou Caio Lara. “Subi ao pódio em todas as etapas da temporada e neste domingo tive uma corrida bastante difícil. Meu motor não rendeu tão bem e tive uma intensa disputa com o Nilton Molina durante boa parte da corrida, até ele também ter problemas”, lembrou o terceiro colocado, que pretendo correr nos EUA no ano que vem.

O resultado final da etapa deste domingo da Fórmula São Paulo em Interlagos foi o seguinte:

1) Allisson Silva, 16 voltas em 28min09s346
2) Victor Corrêa, a 2s255
3) Caio Lara, a 21s572
4) Paulo Meyer, a 47s603
5) Leandro Florenzo, a 54s654
6) Nilton Molina, a 1 volta
7) Charles Gruenberg, a 4 voltas
8) Vinícius Mauri, a 5 voltas
9) Márcio Pasaneli, a 7 voltas
10) José Amorin, a 11 voltas
11) Henrique Lambert, a 11 voltas

A classificação final da Fórmula São Paulo, já considerados os três descartes previstos pelo regulamento, ficou assim:

1) Victor Correa, 117
2) Allisson Silva, 103
3) Caio Lara, 88
4) Marcio Pasanelli, 72
5) Henrique Lamberti, 71
6) Felipe Leonardos, 57
7) Amorim Jr., 56
8) Thiago Calvet, 52
9) Werner Neugebauer, 26
10) Paulo Meyer, 23
11) Leandro Florenzo, 19
12) Thiago Massa, 13
13) Gabriel Tojal, 11
14) Nilton Molina, 11
15) Vinicius Mauri, 7
16) Charles Gruenberg, 5
17) Rafael Suzuki, 4
18) Raphael Andrade, 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *