F-São Paulo: Catarinense vence segunda etapa da Fórmula São Paulo

Allisson Silva mantém domínio dos veteranos na temporada de 2007 da categoria. Liderança do campeonato, no entanto, é do amazonense Márcio Pasaneli.

O piloto catarinense Allisson Silva (Dragão Motorsport) foi o vencedor da segunda etapa da Fórmula São Paulo, disputada neste domingo (4/3) no Autódromo de Interlagos, na capital paulista. Largando da oitava posição após ter tido um problema nos freios no treino de classificação, ele fez uma prova de recuperação e assumiu a liderança na 12ª volta, com uma ultrapassagem sobre o amazonense Márcio Pasaneli (Alpie Competições), que cruzou a linha de chegada em segundo. O gaúcho radicado em São Paulo Werner Neugebauer (Prop Car) fechou na terceira posição.

“Estive entre os mais rápidos nos treinos livres de toda a semana, e tinha ficado um pouco chateado com a oitava posição no grid”, disse Allisson. “Depois da tomada de tempos a equipe achou o problema e pude vir para cima. A grande dificuldade foi cuidar dos pneus, porque a corrida terminou por volta do meio dia e o calor foi intenso. As últimas cinco voltas foram muito difíceis para mim”, completou o piloto, que estreou na Fórmula São Paulo em 2005 e é o piloto mais experiente da categoria. Com o resultado deste domingo, o piloto catarinense chegou a sua segunda vitória na categoria. A primeira, curiosamente, foi na segunda etapa da temporada do ano passado.

A corrida deste domingo começou com a disputa entre Pasaneli, que largou em segundo, mas assumiu a liderança na primeira curva, e o pole position Rafael Suzuki. Os dois se tocaram no contorno do S do Senna, o que custou a quebra do bica do carro de Suzuki e uma advertência ao amazonense por atitude anti-desportiva.

“No toque com o Suzuki meu carro desalinhou e isso me custou a vitória porque ficou muito difícil contornar o S do Senna, a Curva do Lago e o Bico de Pato”, declarou o segundo colocado na etapa. “Mas achei a punição que recebi injusta porque, na minha visão, quem está atrás tem que esperar a definição do traçado do ponteiro para se posicionar na pista. Ele não esperou e acabamos nos tocando”, defendeu-se o amazonense.

Já Rafael Suzuki não concordou com a posição do adversário. “O toque estragou minha prova porque quebrou o bico do meu carro. O Márcio mudou de trajetória duas vezes ao longo da reta e isso não é permitido em nenhuma categoria do automobilismo, do kart a Fórmula 1”, defendeu-se o piloto, que por sua vez achou branda demais a advertência recebida pelo adversário.

A grande surpresa da etapa foi Werner Neugebauer, que nunca havia disputado sequer uma corrida de kart e tem, no currículo, apenas seis meses de treinos na modalidade de base do automobilismo, e outros seis meses de treinos na Fórmula São Paulo. “Como tive problemas com o carro na primeira etapa, essa é minha primeira corrida e estou muito feliz pelo resultado. Recebi dicas importantes do meu chefe de equipe, o Dárcio dos Santos, e do André Nicastro, um dos maiores pilotos de kart do país, e consegui manter a calma e resistir à pressão dos adversários”, declarou Neugebauer, que cruzou a linha de chegada poucos metros à frente de outro estreante, Amorin Jr., piloto do Interior de São Paulo.

A vitória do piloto catarinense comprova a superioridade dos veteranos da categoria na temporada de 2007, já que o mineiro Victor Corrêa, que chegou à categoria no ano passado, venceu a prova de abertura, disputada no início de fevereiro com pista molhada. Nesta corrida, com o carro falhando desde a primeira volta, Victor conseguiu apenas o oitavo lugar. O resultado final da etapa deste fim de semana – com um catarinense, um amazonense e um gaúcho nas três primeiras posições – confirma, também, o crescimento nacional da Fórmula São Paulo, que com o declínio da Fórmula Renault passou a ser a categoria de base mais importante do automobilismo brasileiro.


 


O resultado completo da segunda etapa da temporada da Fórmula São Paulo é o seguinte:

1) Allisson Silva (SC, Dragão Motorsport), 16 voltas em
2) Márcio Pasaneli (AM, Alpie Competições), a 3s855
3) Werner Neugebauer (RS, Prop Car), a 14s581
4) Amorin Jr. (SP, EMB Racing), a 14s798
5) Thiago Calvet (RJ, Iaconelli Racing), a 15s190
6) Caio Lara (SP, Alpie Competições), a 18s705
7) Rafael Suzuki (SP, Phebem Fórmula), a 29s816
8) Victor Corrêa (MG, Alpie Competições), a 1min02s774
9) Thiago Massa (SP, GTM2 Racing), a 1min02s859
10) Felipe Leonardo (SP, Massoni Racing), a 3 voltas
11) Gabriel Tojal (SP, GTM2 Racing), a 8 voltas
12) Nilton Molina (SP, Prop Car), a 14 voltas

A nova classificação do campeonato é a seguinte:

1) Márcio Pasaneli, 27  pontos
2) Alisson Silva, 24
3) Victor Corrêa (MG), 23
4) Caio Lara (SP), 21
5) Thiago Calvet (RJ), 18
6) Werner Neugebauer (RS), 12
7) José Amorim Junior (SP), 10
8) Leandro Florenzo (SP), 8
9) Paulo Meyer (SP), 6
10) Thiago Armentano (SP), 4
10) Rafael Suzuki (SP), 4
12) Gabriel Tojal (SP), 3
113) Felipe Leonardos (SP), 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *