F-São Paulo: Felipe Leonardos foi o mais rápido nos primeiros treinos em Jacarepaguá

Depois de ir a Londrina, no Paraná, categoria desembarca no Rio de Janeiro para a sétima etapa da temporada.

O paulista Felipe Leonardos (Opus Papéis) foi o mais rápido no primeiro dia de treinos livres para a sétima etapa da Fórmula São Paulo, que está sendo realizada no Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Com o tempo de 1min18s86, ele começou os ensaios à frente do carioca Tiago Calvet (1min19s62) e do paulista Caio Lara (1min19s77), que fecharam a quinta-feira nas três primeiras posições.

Em virtude do fechamento do Autódromo de Interlagos para reformas visando a realização do Grande Prêmio de Fórmula 1, em outubro, a categoria regional estreou no Autódromo de Londrina há cerca de um mês, e neste fim de semana foi ao Rio de Janeiro para a realização da sétima corrida do ano. A exemplo do que já havia ocorrido na pista paranaense, Leonardos começou os ensaios livres na frente, mostrando rápida adaptação aos novos traçados que passaram a integrar o calendário da categoria.

“Começamos o fim de semana muito bem, assim como já havia ocorrido em Londrina, mas na etapa passada tive dois motores quebrados no treino de classificação e na corrida”, relembrou Leonardos. “Desta vez espero que a sorte mude de lado e que eu possa terminar no pódio para subir algumas posições no campeonato”, acrescentou o piloto, que ocupa a sexta posição na classificação geral da categoria, com 34 pontos.

Felipe Leonardos completou pouco mais de 50 voltas pelo autódromo carioca no primeiro dia de treinos em Jacarepaguá, e ressaltou o bom trabalho da equipe Massoni Racing no acerto de seu carro para o circuito. “Treinamos menos que os demais pilotos, mas acredito que conseguimos uma evolução mais rápida. Fizemos seqüências de cinco voltas, sempre seguidas de uma parada para a melhoria do carro. No fim do dia, a estratégia deu resultado e pudemos comemorar o melhor tempo”, acrescentou o paulista.

Nesta sexta-feira a programação do evento prevê a realização de mais quatro sessões de treinos livres no circuito carioca. Antes da tomada oficial de tempos, marcada para as 12h20 deste sábado, os pilotos disputarão outro dois treinos, e no total terão 8h50 de ensaios livres antes da sessão classificatória – um número que não é visto em nenhuma outra categoria do país.

“O grande número de treinos sempre foi uma das características da Fórmula São Paulo, mas sem dúvida a possibilidade de passar quase nove horas na pista antes da corrida faz muito mais diferença em um circuito novo, como o do Rio de Janeiro”, opinou Felipe. “Isso é ótimo para o aprendizado dos pilotos e é o que tem feito da Fórmula São Paulo a categoria mais indicada para quem está começando no automobilismo”, encerrou Leonardos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *