F-São Paulo: Henrique Lambert busca vitória e liderança em Interlagos

O piloto carioca quer o primeiro triunfo do ano e o terceiro da carreira na categoria.

Vice-líder do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo, o carioca Henrique Lambert (Body Nutry/VP2/Oktane/MTT/Iaconelli) espera ter mais sorte neste fim de semana (8 e 9 de março), durante a segunda etapa da competição. “Pretendo ter uma semana livre de problemas, buscando melhorar o desempenho e os resultados da corrida inicial”, afirma o jovem de 20 anos, que faz sua primeira temporada completa na categoria. A corrida acontece no domingo a partir das 9 horas, no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo.

Na corrida de estréia da temporada Henrique Lambert dominou todos os treinos livres, largou da pole-position e liderava a corrida até a sexta passagem, quando problemas de superaquecimento do motor comprometeram o rendimento de seu bólido. Ainda assim o piloto cruzou a linha de chegada em segundo lugar. O carro foi desmontado na semana passada e os defeitos foram resolvidos. “Na desmontagem encontramos problemas com o coletor de escapamento, o que diminuía a compressão”, explica Lambert. Logo após a prova os mecânicos da Iaconelli Racing também perceberam um vazamento no radiador, o que contribuiu para que o propulsor atingisse quase 100 graus Celsius, cerca de 20 acima da temperatura ideal.

Ao revisar o carro do representante da Body Nutry / VP2 / Oktane / MTT/ Iaconelli a equipe aproveitou para fazer mais alguns ajustes na transmissão do veículo. “Aproveitamos que o carro já estava aberto e trocamos toda a parte do câmbio e das engrenagens”, revela. O competidor, que soma duas vitórias na categoria, está bastante otimista para a corrida de domingo. “Agora quero subir mais um degrau no pódio e por sua vez, buscar a liderança do campeonato”, almeja Lambert.

Na Fórmula São Paulo todos os monopostos utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 132 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *